Logo Mais Retorno
Mercado Financeiro

Bolsa fecha em alta, guiada pelas commodities e China; dólar recua mais de 1%

Ibovespa recuperou o patamar dos 110 mil pontos e se manteve no azul durante toda a sessão

Data de publicação:23/05/2022 às 18:04 -
Atualizado um mês atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

A Bolsa de Valores de São Paulo, a B3, recuperou o patamar acima dos 110 mil pontos nesta segunda-feira, 23. O Ibovespa atravessou o pregão no azul de ponta a ponta e fechou com valorização de 1,91%, aos 110.561 pontos. Em dia de otimismo global, o dólar recuou 1,41%, para R$ 4,81.

A valorização da B3 foi puxada pela alta das commodities e pelos acenos do presidente dos EUA, Joe Biden, sobre a possibilidade de revisão de tarifas impostas aos produtos chineses pelo governo de Donald Trump.

bolsa
Bolsa sobe impulsionada por commodities, como Vale e Petrobras - Foto: Reprodução

As declarações de Biden foram entendidas por investidores e gestores do mercado como um gesto de reaproximação entre as potências econômicas capaz de beneficiar o comércio global.

O minério de ferro e petróleo tiveram forte valorização, beneficiando as companhias exportadoras de commodities, como Vale e Petrobras. Empresas gigantes que têm grande influência no Ibovespa. Vale ON fechou em alta de 2,23% e Petrobras PN, em 4,05%.

O avanço das commodities foi estimulado pela decisão do governo chinês de reduzir as taxas de juro, medida considerada um incentivo à economia diante de uma série de bloqueios pelo surto de covid-19 em grandes cidades.

“E também como uma perspectiva de maior abertura econômica da China”.

Victor Hugo Israel, especialista em renda variável da Blue 3 Investimentos

O dia na Bolsa

Maiores altas

Irb Brasil (IRBR3)+9,23%
BRF (BRFS3)+4,86%
Banco do Brasil (BBSA3)+4,22%
Azul (AZUL4)+4,08%
CSN (CSNA3)+3,98%

Maiores baixas

Banco Inter (BIDI11)-5,16%
Qualicorp (QUAL3)-4,55%
CVC (CVCB3)-3,05%
Locaweb (LWSA3)-3,03%
Eneva (ENEV3)-2,49%
Fonte: B3

Mercado internacional

O dia foi de otimismo geral nos mercados, “mas os investidores continuam bastante atentos à política de juros do Federal Reserve (Fed, o banco central americano)”, apontou Wagner Varejão, especialista da Valor Investimentos.

“A inflação continua apertando lá fora, mas o dia de hoje foi de leve alívio, com o Ibovespa reagindo mais a esse ambiente positivo global”.

Wagner Varejão, da Valor Investimentos

“As bolsas foram impulsionadas pela atratividade dos preços dos ativos de risco, após uma semana bastante desafiadora de quedas”, avalia Hugo Israel, da Blue 3.

As bolsas americanas tiveram um dia de recuperação, após as pesadas perdas da semana passada. O índice Dow Jones fechou com valorização de 2,14%, em 31.929 pontos; o S&P 500 subiu 1,85%, para 3.973 pontos, e o Nasdaq 100 avançou 1,50%, para 11.525 pontos.

Bolsas europeias também têm dia positivo

As bolsas da Europa também tiveram valorizações generalizadas nesta segunda-feira, acompanhando a alta das bolsas americanas.

Para especialistas, a declaração da presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, sobre alta dos juros, que sairiam do terreno negativo até o fim de setembro, indica uma política monetária mais branda, por enquanto, apesar dos sinais de avanço da inflação na zona do euro. / com Júlia Zillig e Agência Estado

Fechamento das bolsas europeias

  • Stoxx 600 (Europa): + 1,26%
  • DAX (Frankfurt): + 1,38%
  • FTSE 100 (Londres):  +1,67%
  • CAC 40 (Paris): + 1,17%

Leia mais

SVN lança FoF que busca retorno de renda variável e baixa volatilidade (maisretorno.com)
Risco de recessão deve impulsionar Biden a reforçar agenda interna (maisretorno.com)
Lira defende o fim da 'taxação excessiva' de bens e serviços no País (maisretorno.com)
Acordo no BCE para alta nos juros está 'praticamente fechado' (maisretorno.com)
Bolsas da Europa fecham em alta com Alemanha e atenção ao BCE (maisretorno.com)

Sobre o autor
Tom Morooka
Colaborador do Portal Mais Retorno.