Logo Mais Retorno
Mercado Financeiro

Bolsa fecha em queda de 0,83% influenciada pela desvalorização da Petrobras; dólar subiu 0,37%

Investidores repercutiram projeções da inflação, mercado de trabalho interno e China

Data de publicação:06/06/2022 às 17:59 -
Atualizado um mês atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

A Bolsa fechou em queda de 0,83% nesta segunda-feira, 6, aos 110.183 pontos. Já o dólar subiu 0,37%, cotado a R$ 4,796. A baixa do dia foi impulsionada pela desvalorização das ações da Petrobras, que recuaram refletindo a desvalorização do petróleo nos mercados internacionais.

A queda só não foi mais expressiva pois as ações da Vale tiveram um dia positivo com alta do minério de ferro.

Bolsa
Queda das ações da Petrobras influenciaram na desvalorização da Bolsa nesta segunda-feira, 6 - Foto: Reprodução

Em um dia de agenda econômica esvaziada, os investidores repercutiram as novas prévias dos economistas para os principais indicadores econômicos do País divulgadas no Boletim Focus, pelo Banco Central, após semanas interrompido por causa da greve dos funcionários da autarquia.

Entre as principais estimativas dos especialistas, a inflação deve fechar 2022 a 8,89%, contra 7,89% na última publicação da pesquisa, em 2 de maio. Para 2023, ficou em 4,39% ante 4,10%. O dado ganhou uma atenção maior do mercado em uma semana na qual os investidores tomarão conhecimento do IPCA de maio na próxima quinta-feira, 9.

Outro dado que também foi analisado pelo mercado foi a geração de empregos em abril, que somou quase 197 mil novos postos de trabalho, segundo dados do Caged, divulgados pelo Ministério do Trabalho e Previdência, acima do esperado pelos especialistas.

O dia na Bolsa

Maiores altas

Raia Drogasil (RADL3)+2,68%
CSN Mineração (CMIN3)+1,94%
Locaweb (LWSA3)+1,69%
Embraer (EMBR3)+1,16%
Suzano (SUZB3)+1,10%

Maiores baixas

Hapvida (HAPV3)-6,15%
Positivo (POSI3)-6,13%
Méliuz (CASH3)-6,11%
Magazine Luiza (MGLU3)-5,29%
Americanas S.A (AMER3)-4,89%
Fonte: B3

Mercado internacional: China no foco de atenção

No exterior, os mercados globais fecharam em alta, tanto Wall Street, como as bolsas europeias e asiáticas. Em um dia sem grandes novidades econômicas e monetárias, as atenções de voltaram para a China.

Na Europa, em semana marcada por expectativa pela decisão do Banco Central Europeu (BCE), o quadro foi amparado por um indicador da China, maior compradora de produtos do continente.

Na China, o índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto subiu de 37,2 em abril a 42,2 em maio, segundo pesquisa da S&P Global e da Caixin Media.

Embora ainda abaixo da marca de 50, que separa contração da expansão na pesquisa, o dado foi visto como uma sinalização positiva, no momento em que o país relaxa lockdowns que haviam sido impostos para conter a covid-19.

O Barclays afirma, em relatório a clientes, que a situação da pandemia na China está melhorando, com infecções em queda. O banco adverte, porém, que a recuperação econômica do país "parece gradual e acidentada". / com Agência Estado

Bolsas europeias/fechamento

  • Stoxx 600 (Europa): +0,92% (444,12 pontos)
  • DAX (Frankfurt): +1,34% (14.653 pontos)
  • FTSE 100 (Londres): +1,00% (7.608 pontos)
  • CAC 40 (Paris): +0,98% (6.548 pontos)

Bolsas americanas/fechamento

  • S&P 500: +0,30% (411,79 pontos)
  • Dow Jones: +0,05% (32.915 pontos)
  • Nasdaq 100: +0,41% (12.599 pontos)

Leia mais

Santander eleva recomendação para renda fixa: inflação alta turbina juros (maisretorno.com)
Vale a pena investir em ações da Petrobras com nova presidência? (maisretorno.com)
Bolsa opera em queda puxada Petrobras; dólar sobe com Boletim Focus (maisretorno.com)
Crédito privado: conheça dois fundos que pagam bem acima do CDI (maisretorno.com)
Petrobras responde por mais de 70% dos dividendos pagos em junho (maisretorno.com)
Simulador de rendimentos: saiba o que é e como utilizá-lo (maisretorno.com)
Boletim Focus: perspectivas para a inflação seguem subindo, mostra o BC (maisretorno.com)

Sobre o autor
Julia Zillig
Repórter do Portal Mais Retorno.