Logo Mais Retorno
selic
Economia

Boletim Focus: especialistas projetam inflação de 8,89% ao fim de 2022, acima do teto da meta

Para o próximo ano, as perspectivas também são de pressão inflacionária persistente

Data de publicação:06/06/2022 às 10:25 -
Atualizado 2 meses atrás
Compartilhe:

Depois de mais de um mês sem nenhuma atualização em decorrência da greve de funcionários do Banco Central (BC), uma parcial do Boletim Focus foi divulgada nesta segunda-feira, 6. A mediana das expectativas dos economistas entrevistados para esta edição do Focus para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ficou em 8,89% para 2022 e 4,39% para 2023.

Na última edição, que havia sido divulgada em 2 de maio, as projeções para o IPCA, que é o principal indicador da inflação no Brasil, eram de 7,89% para este ano e de 4,10% no próximo. Vale lembrar que o teto da meta de inflação para 2022 do BC é de 5,00%, enquanto em 2023 o limite superior fica em 4,75%.

Boletim Focus inflação IGP-M
IPCA segue muito acima do teto da meta da inflação para 2022 | Foto: Reprodução

Selic, PIB e dólar

Em relação à taxa básica de juros da economia brasileira, a Selic, a mediana das projeções aponta para 13,25% ao ano em 2022, o que representa uma estabilidade quando comparada à última reunião. Já para 2023, as expectativas são de uma Selic de 9,75% ao ano, uma alta de 0,75 ponto percentual em relação ao último Focus.

As expectativas para o Produto Interno Bruto (PIB) neste e no próximo ano também mudaram. Enquanto em 2022, o PIB brasileiro deve ter um crescimento de 1,20% (de 0,70% no último relatório), em 2023 esse crescimento deve ser menos expressivo, de 0,76% ( de 1,00% anteriormente).

A taxa de câmbio neste ano, que antes tinha uma projeção de R$ 5,00 em dezembro, subiu para R$ 5,05. No ano que vem, a moeda americana também deve fechar o ano no mesmo patamar, de acordo com a mediana das expectativas dos analistas.

As projeções do Boletim Focus

20222023
IPCA8,89%4,39%
Selic13,25%9,75%
PIB1,20%0,76%
Taxa de câmbioR$ 5,05R$ 5,05
Fonte: Banco Central

A atualização do Focus

Com a proximidade do Comitê de Política Monetária (Copom) de junho, previsto para acontecer nos dias 14 e 15, o BC divulgou uma atualização parcial, com apenas as medianas para o IPCA, Produto Interno Bruto (PIB), câmbio e Selic no fim de 2022 e 2023. O último Focus, de 2 de maio, saiu durante uma trégua da paralisação dos funcionários do órgão, que coincidiu com o período pré-Copom do mês passado.

Parte das expectativas de mercado do relatório é usada no modelo de inflação do BC, que, por sua vez, guia as decisões da taxa Selic, hoje em 12,75%. No último Copom, as projeções do BC para o IPCA eram de 7,3% para 2022 e 3,4% para o próximo ano.

Considerando as alterações nos últimos cinco dias úteis, a mediana para 2022 ficou em 9,00%. Para 2023, as alterações feitas nos últimos cinco dias úteis deixaram a mediana em 4,50%.

Na atualização parcial, o BC não divulgou o número de instituições participantes, nem as medianas da semana anterior ou de um mês atrás, como de costume no Focus. Tampouco trouxe todos os horizontes, sem nenhuma informação sobre 2024 e 2025. / Com Agência Estado

Sobre o autor
Bruna Miato
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!

Inscreva-se em nossa newsletter