Logo Mais Retorno
Economia

CPI dos EUA sobe 0,3% em abril ante março e tem avanço anual de 8,3%

O núcleo da inflação, que exclui preços de alimentos e energia, avançou 0,6% no período

Data de publicação:11/05/2022 às 12:58 -
Atualizado 7 dias atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) dos Estados Unidos subiu 0,3% em abril ante março, segundo dados com ajustes sazonais publicados nesta quarta-feira, 11, pelo Departamento do Trabalho.

O resultado superou levemente a expectativa dos analistas, que previam alta de 0,2% no mês passado.

CPI
CPI americano de abril veio levemente acima das expectativas do mercado - foto: Envato

Apenas o núcleo do CPI, que exclui os voláteis preços de alimentos e energia, avançou 0,6% na comparação mensal de abril. Neste caso, o consenso do mercado também era de acréscimo menor, de 0,4%.

Na comparação anual, o CPI dos EUA deu um salto de 8,3% no mês passado, acima da projeção de alta de 8,1%. Já o núcleo teve incremento anual de 6,2% no último mês, enquanto analistas projetavam alta de 6,0%.

O que pensa o mercado sobre o CPI dos EUA?

De acordo com Nicolas Giacometti, especialista em renda fixa da Blue3, o CPI desacelerou pela primeira vez desde agosto do ano passado.

“O índice veio a 0,3% em abril e 8,3% no acumulado dos últimos 12 meses, uma queda em relação aos 8,5% registrados em março, que havia sido o maior nível em 40 anos”.

Nicolas Giacometti, da Blue3

Segundo Giacometti, mesmo que o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) não tenha descartado altas de 0,75 ponto porcentual em futuras reuniões, “uma inflação mais suave pode sinalizar que as autoridades monetárias conseguirão conter o aperto inflacionário sem ter que ‘machucar’ tanto a economia, o que causaria um efeito positivo ao dólar”.

Para Matheus Pizzani, da CM Capital, apesar dos dados da inflação não refletirem possíveis efeitos de mudança na postura do Fed, é importante acompanhar a trajetória dos juros a partir daqui.

“Especialmente no que se refere ao setor de serviços, que se encontra extremamente aquecido em função do baixo desemprego e bom nível de renda no país, assim como os preços do grupo de energia, que baixaram para patamares muito baixo após sucessivas altas, de maneira que novas elevações devem ser preocupantes, uma vez que partem de bases muito baixas”, complementou. / com Agência Estado

Leia mais

Desempenho dos investimentos em abril com dafo oficial da inflação (maisretorno.com)
Fundos de renda fixa: 6 conseguiram bater a inflação em 12 meses (maisretorno.com)
IBGE: inflação sobe 1,06% em abril e soma alta de 12,13% em 12 meses (maisretorno.com)
Bolsa busca recuperação com forte alta das commodities: dólar cai (maisretorno.com)
Meme stocks foram a preferência do brasileiro no exterior em abril (maisretorno.com)
Eleições já entram em cena e vão influenciar o mercado financeiro (maisretorno.com)
Sharding: o que é e qual sua importância para o blockchain? (maisretorno.com)

Sobre o autor
Julia Zillig
Repórter do Portal Mais Retorno.