Logo Mais Retorno
Economia

Caged: saldo líquido de emprego formal em 2021 é positivo em 2,7 milhões de vagas

Setor de serviços foi um dos responsáveis pelo volume positivo no ano, segundo o Ministério do Trabalho

Data de publicação:31/01/2022 às 11:47 -
Atualizado 4 meses atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

Após o fechamento de 191.455 vagas em 2020 (dado revisado nesta segunda-feira, 31), o mercado de trabalho formal registrou um saldo líquido positivo de 2.730.597 carteiras assinadas em 2021, de acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta segunda-feira, 31, pelo Ministério do Trabalho e Previdência.

O resultado do ano passado decorreu de 20.699.802 milhão de admissões e 17.969.205 milhão de demissões. O desempenho ficou abaixo do piso das estimativas de analistas. As projeções eram com mediana positiva de 2,868 milhões postos de trabalho.

Caged: saldo líquido de emprego formal em 2021 é positivo em 2.730.597 vagas
Setor de serviços puxou a alta da criação de empregos em 2021, segundo Caged - Foto: Reprodução

O desempenho anual foi puxado pelo setor de serviços, com a criação de 1.226.026 postos formais em 2021, seguido pelo comércio, que abriu 643.754 vagas. Já a construção civil gerou 244.755 vagas no ano, enquanto houve um saldo de 475.141 contratações na indústria geral. Na agropecuária foram abertas 140.927 vagas em 2021.

Saldo negativo em dezembro

Como é comum para os meses de dezembro, o mercado de trabalho formal registrou um saldo negativo de 265.811 carteiras assinadas no mês passado, de acordo com os dados do Caged. O resultado sucede a criação de 300.182 vagas em novembro (dado revisado nesta segunda-feira).

O resultado do mês passado decorreu de 1.437.910 milhão de admissões e 1.703.721 milhão de demissões. Em dezembro de 2020, houve fechamento de 157.474 vagas com carteira assinada.

O mercado financeiro já esperava um recuo no emprego no mês. Porém, o resultado ficou pior do que a mediana negativa de 171 mil vagas projetada pelo mercado.

O fechamento líquido de 265.811 vagas de trabalho com carteira assinada em dezembro foi puxado pelo desempenho do setor de serviços no mês, com a destruição de 104.670 postos formais, seguido pela indústria geral, que fechou 92.047 vagas.

Já a construção civil eliminou 52.033 postos em dezembro, enquanto houve um saldo positivo de 9.013 contratações no comércio. Na agropecuária foram fechadas 26.073 vagas no mês. / com Agência Estado

Leia mais

Desemprego caiu no Páis e ficou em 11,6% no trimestre até novembro (maisretorno.com)
Taxa de desemprego no Brasil cai para 12,1% em outubro, segundo IBGE (maisretorno.com)
Brasil gerou 372.265 novos empregos em agosto, aponta Caged (maisretorno.com)
Taxa de desemprego fica em 14,1% no trimestre até junho, afirma IBGE (maisretorno.com)

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!