Logo Mais Retorno
Economia

Powell, do Fed: inovações digitais demandarão mudanças regulatórias no sistema financeiro

O presidente da autoridade monetária americana ressaltou que a criação de novos instrumentos e tecnologias é importante para aumentar a produtividade na economia

Data de publicação:23/03/2022 às 11:35 -
Atualizado 2 meses atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell, afirmou, nesta quarta-feira, 23, que as inovações digitais no setor financeiro demandarão mudanças regulatórias. Ele ressaltou que a criação de novos instrumentos e tecnologias é importante para aumentar a produtividade na economia.

Sobre moedas digitais emitidas por BCs (CBDC, na sigla em inglês), o dirigente explicou que o Fed ainda não tomou uma decisão final sobre a adoção da ferramenta. Segundo ele, a autoridade monetária estuda "ativamente" os benefícios e custos dessas divisas eletrônicas.

Powell, do Fed: inovações digitais demandarão mudanças regulatórias no sistema financeiro
Jerome Powell afirma que demandas digitais no sistema financeiro vão pedir alterações regulatórias Foto: Reprodução

"As CBDCs terão que garantir privacidade dos usuários", defendeu, ao participar do evento BIS Innovation Summit.

Powell acrescentou que há uma série de incertezas sobre as criptomoedas, entre elas dúvidas sobre como esses ativos se comportariam em momentos de estresse nos mercados. Também não se sabe como turbulências entre criptos afetariam a estabilidade do setor financeiro no geral, na visão dele.

Redução de custos e aumento de acesso

O presidente do Federal Reserve afirmou que é difícil prever as configurações do sistema financeiro daqui a uma década, mas acredita que as inovações no setor promoverão avanços na redução dos custos e aumento do acesso. "Caminhamos para um mundo com meios de pagamentos instantâneos e de baixo custo", disse.

Powell acrescentou que o decreto assinado pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, sobre criptoativos é bem-vindo. Segundo ele, a função do Fed nesse contexto é tentar abordar as "lacunas" do ponto de vista regulatório.

O presidente do Banco da Inglaterra (BoE), Andrew Bailey, que participou do mesmo evento, ressaltou que os bancos centrais ainda têm muito trabalho a fazer para entender o real impacto de divisas digitais no mercado. "Precisamos fazer isso rapidamente", pontuou.

Já o presidente do Bundesbank (o BC alemão) e dirigente do Banco Central Europeu (BCE), Joachim Nagel, comentou que a autoridade monetária está em "fase de investigação" sobre a emissão de moedas digitais pelo BC./ com Agência Estado

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!