Logo Mais Retorno
Economia

PCE, índice de preços de gastos com consumo americano, sobe 0,2% em abril

Já o núcleo do indicador, que exclui itens voláteis como alimentos e energia, avançou 0,3% no período

Data de publicação:27/05/2022 às 11:07 -
Atualizado um mês atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

O índice de preços de gastos com consumo (PCE, na sigla em inglês) subiu 0,2% em abril ante março nos EUA, segundo dados publicados nesta sexta-feira, 27, pelo Departamento do Comércio do país

PCE
PCE, índice queridinho do Fed, sobe 0,2% em abril ante março, segundo o Departamento do Comércio dos EUA - Foto: Reprodução

O núcleo do PCE, que exclui itens voláteis como alimentos e energia, avançou 0,3% no período, veio em linha com as expectativas de analistas consultados pelo The Wall Street Journal. Na comparação anual, o PCE subiu 6,3% em abril e seu núcleo aumentou 4,9%.

Vale lembrar que o PCE é o índice preferido do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) para balizar as decisões de política monetária.

O combate ao avanço da inflação nos Estados Unidos virou prioridade número um da autoridade monetária, pois o país enfrenta o maior patamar dos últimos 40 anos.

Para isso, está adotando um ciclo de aperto monetário agressivo, ajustando para cima a taxa básica de juros a cada reunião do Fomc (Copom americano). Na última, a alta foi de 0,50 ponto-porcentual e na ata do encontro o Fed já sinalizou que devem vir novos aumentos da mesma magnitude.

Na véspera, o Departamento do Comércio também divulgou que o PCE do trimestre alcançou 7% na comparação anual.

Renda pessoal mais forte, porém ainda abaixo do esperado

A pesquisa também mostrou que a renda pessoal nos Estados Unidos cresceu 0,4% em abril ante março. Neste caso, a projeção do mercado era de acréscimo de 0,5%.

Já os gastos com consumo subiram 0,9% no mesmo intervalo, superando expectativas de alta de 0,7%.

O dado mensal de gastos com consumo de março foi revisado para cima, de alta de 1,1% para ganho de 1,4%. No caso da renda pessoal, o avanço original de 0,5% foi confirmado. / com Agência Estado

Leia mais

IR2022: veja guia expresso para fazer e entregar a declaração na reta final (maisretorno.com)
Mercado de opções oferece mecanismos de proteção à carteira (maisretorno.com)
Financeiras de varejistas já são impactadas pela alta da inadimplência (maisretorno.com)
Bolsa avança aos 111 mil pontos, com exterior positivo; dólar cai a R$ 4,76 (maisretorno.com)

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!