Logo Mais Retorno
Economia

Depois da Rússia, Europa restringe acesso de bancos de Belarus ao sistema Swift

Além disso, os europeus também ampliaram a lista de tecnologias e bens que não podem ser exportados para o país de Putin

Data de publicação:09/03/2022 às 10:49 -
Atualizado 2 meses atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

Os 27 membros da União Europeia (UE) ampliaram, nesta quarta-feira, 9, suas sanções contra Rússia após a invasão da Ucrânia. Dessa vez, a nova rodada de embargos mira também Belarus, aliado do governo de Vladmir Putin.

Foram excluídos três bancos bielorrussos da plataforma financeira internacional Swift, anunciou a presidência francesa do Conselho da UE.

Depois da Rússia, Europa restringe acesso de bancos de Belarus ao sistema Swift
Membros da União Europeia (UE) ampliaram suas sanções contra a Rússia - Foto: Envato

Representantes dos Estados-membros reunidos em Bruxelas também adotaram novas sanções dirigidas ao setor marítimo e ao mercado de criptomoedas, além de acrescentar líderes e oligarcas russos à sua lista negativa, tuitou a Presidência francesa.

Os europeus também ampliaram a lista de tecnologias e bens que não podem ser exportados para a Rússia e "esclareceram" as restrições impostas às criptomoedas. As medidas entrarão em vigor após acordo formal dos Estados e da publicação no Diário Oficial da UE.

Criptomoedas na mira

Na semana passada, os países do G7 (grupo dos sete mais industrializados do mundo) e da UE anunciaram que buscavam impedir a Rússia de burlar as sanções ocidentais, por meio do uso de criptomoedas.

As medidas decididas pelo bloco europeu nesta quarta-feira "completam" as três séries de sanções adotadas pela UE nas últimas duas semanas, afirmou a presidência francesa.

53 entidades sob sanções

A UE já aplicou sanções a 53 entidades e 680 indivíduos, agora proibidos de ingressar em seu território, além de estarem com seus ativos na Europa congelados.

Leia mais

Rússia: Coca-cola e Starbucks suspendem operações no país (maisretorno.com)
Biden proíbe importação de petróleo da Rússia (maisretorno.com)
'Foi difícil vender ativos da Rússia', diz executivo da Western Asset (maisretorno.com)
Rússia e Ucrânia: guerra pode limitar aumento de juros no mundo (maisretorno.com)
Ministério russo pede a suspensão das exportações de fertilizantes (maisretorno.com)
Veja as sanções impostas à Rússia com a guerra contra a Ucrânia (maisretorno.com)

Sobre o autor
Renato Jakitas
Editor-chefe do Portal Mais Retorno.