Logo Mais Retorno
Mercado ao vivo: confira a Bolsa e o dólar nesta segunda-feira, 21 de março
Empresa

Vale produz 315,61 milhões de toneladas de minério de ferro em 2021; alta de 5,1%

O volume ficou no piso do último guidance de produção anual para o ano, de 315 a 320 milhões de toneladas

Data de publicação:11/02/2022 às 08:39 -
Atualizado 8 meses atrás
Compartilhe:

A produção de minério de ferro da Vale no quarto trimestre de 2021 alcançou 82,473 milhões de toneladas, queda de 2,4% em relação ao reportado um ano antes. Sobre o trimestre imediatamente anterior, houve um recuo de 7,8%. Com isso, no acumulado do ano, a mineradora produziu um total de 315,610 milhões de toneladas, alta de 5,1% ante 2020.

O volume ficou no piso do último guidance de produção anual para 2021, divulgado no fim de novembro, de 315 a 320 milhões de toneladas. O guide inicialmente previsto pela Vale, e posteriormente revisado, estava numa faixa de 315 a 335 milhões de toneladas.

Foto: Envato
Produção anual de minério de ferro pela Vale em 2021 cresce 5,1% ante o ano anterior, segundo relatório da mineradora - Foto: Envato

Em seu relatório de produção, divulgado na noite anterior, a companhia destacou que os principais fatores que impulsionaram os resultados de 2021 foram as operações de Minas Gerais, que cresceram em 17% frente ao ano anterior, sendo parcialmente compensadas pelo desempenho mais fraco na mina S11D, em Canaã dos Carajás, no Pará, com queda de 11%, e pelo greve em Sudbury, no Canadá, que interrompeu as operações por 70 dias.

No fim do ano passado, a empresa tinha capacidade de produção de 340 milhões de toneladas de minério e espera chegar ao fim de 2022 com capacidade de 370 milhões de toneladas por ano.

Já as vendas de minério de ferro da companhia em 2021 registraram alta de 8,9%, para 277,508 milhões de toneladas. No quarto trimestre do ano passado, a venda de minério de ferro pela Vale somou 83,147 milhões de toneladas, alta de 0,4% frente ao mesmo período do ano anterior e aumento de 22,6% frente ao terceiro trimestre.

Produção de pelotas: alta de 6,8%

A produção de pelotas da Vale fechou 2021 em 31,708 milhões de toneladas, 6,8% acima do ano anterior. No quarto trimestre de 2021, a companhia produziu 9,073 milhões de toneladas de pelotas, alta de 27,5% na comparação ao quarto trimestre de 2020 e avanço de 8,8% ante o terceiro trimestre do ano passado.

Em seu relatório de produção, a mineradora atribuiu o resultado à maior disponibilidade de pellet feed das minas do Sistema Sudeste e menor necessidade de manutenções nas plantas de Tubarão e Omã, que alcançou uma produção recorde para um trimestre. Por outro lado, a produção foi parcialmente impactada pela menor disponibilidade de pellet feed no Sistema Norte e em Vargem Grande.

Já as vendas de pelotas somaram 10,351 mi/toneladas no quarto trimestre do ano passado, alta de 22% frente a um ano antes. Com isso, as vendas atingiram 32,306 milhões de toneladas em 2021, alta de 3,5% em relação a um ano antes.

Produção de níquel: queda de 5,5%

A produção de níquel da Vale totalizou 48 mil toneladas no quarto trimestre de 2021, queda de 5,5% na comparação a igual período do ano anterior e alta de 58,9% em relação ao terceiro trimestre de 2021. O forte incremento frente aos três meses anteriores foi explicado pelo processamento em Ontário, no Canadá, após atividades planejadas de paralisação para manutenção da mina em Sudbury.

No ano, o volume produzido foi de 168 mil toneladas, queda de 8,5% na comparação a 2020. Apesar disso, o resultado ficou dentro do guidance anual de 165 mil a 170 mil toneladas para 2021.

As vendas de níquel no quarto trimestre foram de 44,7 mil toneladas, queda de 24% em relação ao observado no mesmo período de 2020. Frente ao terceiro trimestre do ano passado, as vendas subiram 6,9%. No ano, o volume vendido de níquel pela Vale atingiu 181,8 mil toneladas, baixa de 0,7%.

No relatório divulgado, a Vale explica que as vendas de níquel ficaram abaixo do volume produzido devido à recomposição de estoques, após a sua utilização no terceiro trimestre em consequência à paralisação em Sudbury e à manutenção prolongada em Onça Puma.

Produção de cobre: baixa de 17,1%

A produção de cobre pela Vale no quarto trimestre de 2021 foi de 77,5 mil toneladas, queda de 17,1% na comparação ao reportado um ano antes e 12% maior do que nos três meses imediatamente anteriores. No acumulado do ano, a produção de cobre da mineradora ficou em 296,8 mil toneladas, queda de 17,6% sobre 2020.

O volume de vendas do produto atingiu 73,7 mil toneladas no quarto trimestre, 20,8% abaixo do quarto trimestre de 2020. Na comparação ao trimestre imediatamente anterior, houve alta de 12,7%. No acumulado de 2021, a Vale somou 284,5 mil toneladas em vendas de cobre, volume 17,8% menor que no ano anterior.

O guidance da Vale para a produção de cobre de 2021, que chegou a ser temporariamente descontinuado ao longo do ano passado por causa de greves no Canadá, vai de 295 mil toneladas a 300 mil toneladas.

No relatório, a Vale explica que a produção de cobre cresceu frente ao terceiro trimestre como resultado da retomada das operações em Ontário, no Canadá, após a paralisação da mina de Sudbury para manutenção planejada. Segundo a empresa, esse aumento foi parcialmente compensado por um desempenho mais fraco das operações brasileiras.

"O desempenho de Salobo foi impactado por um incêndio na correia transportadora em outubro, resultando na instabilidade da planta durante o trimestre. Além disso, Sossego foi afetado pela manutenção corretiva no moinho SAG, no moinho de bola e no sistema de bombeamento que afetou a disponibilidade da planta durante o trimestre".

Vale, em relatório de produção

Produção de carvão: avanço de 129,2%

A produção de carvão da Vale no quarto trimestre somou 2,819 milhão de toneladas, forte alta de 129,2% em relação ao volume do mesmo trimestre de 2020 e avanço de 12,9% frente aos três meses imediatamente anteriores. No acumulado de 2021, a produção de carvão da mineradora foi de 8,497 milhões de toneladas, alta de 44,6% ante 2020.

Já as vendas somaram 2,650 milhões de toneladas de outubro a dezembro de 2021, alta de 72,8% na comparação ao mesmo período do ano anterior e aumento de 0,4% frente ao terceiro trimestre. No acumulado do ano, o volume de carvão vendido pela Vale somou 7,849 milhões de toneladas, um incremento de 33,8% ante 2020.

A mineradora informa que o negócio continuou a ter um desempenho sólido devido ao aumento da produtividade de uma planta remodelada. Já as vendas de carvão metalúrgico foram impactadas por um descarrilamento, que interrompeu o fluxo de trens por 4 dias em novembro, atrasando alguns embarques que serão reconhecidos no primeiro trimestre de 2022.

No fim de dezembro do ano passado, a Vale anunciou ao mercado a venda de seus ativos de carvão. A empresa celebrou um acordo com a Vulcan para vender a mina de carvão Moatize e o Corredor Logístico Nacala pelo total de US$ 270 milhões, composto por US$ 80 milhões na conclusão da transação e US$ 190 milhões do negócio existente até a conclusão. / com Agência Estado

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!

Inscreva-se em nossa newsletter