Mercado Financeiro

Morgan Stanley prevê Ibovespa a 120 mil pontos no fim de 2022

Por setores, o banco americano destaca ações ligadas às commodities e a segmentos defensivos para o período

Data de publicação:23/11/2021 às 11:08 - Atualizado 11 dias atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

Para o fim de 2022, o Morgan Stanley projeta o Ibovespa aos 120 mil pontos, meta que implica um viés de alta de 5% para o índice de referência da B3, em dólar, e de 17% na moeda local, o real, segundo relatório.

Por setores, o banco americano afirma preferência por ações ligadas a commodities e segmentos defensivos, com ênfase nas áreas de agricultura, alimentos e petroquímica. Por outro lado, o Morgan reforça a posição de cautela no Brasil quanto a setores cíclicos, citando, em especial, exposição abaixo da média a ações de tecnologia, bancos e transportes.

Foto: B3/Divulgação bolsa
Sede da B3 em São Paulo - Foto: B3/Divulgação

Entre as ações "top 10", o Morgan Stanley coloca nomes brasileiros, como XP, Itaú, Minerva, Vale, Gerdau e Petrobras, pela ordem, nas seis primeiras posições.

No cenário positivo mais extremo, o Morgan Stanley projeta avanço de 23% para o índice MSCI da América Latina, em dólar, em 2022. No extremo oposto, negativo, o pior cenário implicaria queda de 20% no retorno, em dólar.

Países

Em relatório divulgado pela equipe de pesquisa do Morgan Stanley, o banco americano projeta, em dólar, retorno acima de 10% para as ações latino-americanas em 2022, tendo como referência o índice MSCI para América Latina.

A instituição financeira acrescenta estar com perspectiva "overweight" para Brasil e Chile, neutra para Colômbia, e com ponderação abaixo da média para México, Peru e Argentina. / com Agência Estado

Sobre o autor
Mais Retorno
Mais RetornoA Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!