Logo Mais Retorno
Fundos de Investimentos

XP recomenda 5 fundos multimercado para ter na carteira em novembro

Corretora considera que fundos multimercado são uma ótima opção para diversificar a carteira

Data de publicação:18/11/2021 às 14:23 -
Atualizado 9 meses atrás
Compartilhe:

Os fundos multimercado são uma categoria encontrada dentro dos fundos de investimento que, como o nome já diz, aplicam em diversos tipos de ativos: dos títulos de renda fixa às criptomoedas. No entanto, apesar de esses ativos se agruparem em uma única classificação mais ampla, as estratégias por trás dos fundos multimercado variam muito entre cada produto.

Por apresentarem diferentes composições e estratégias, especialistas consideram que estes são uma forma de investimento interessante para a diversificação de portfólio, principalmente no atual cenário macroeconômico, de inflação e juros altos, dólar subindo, Bolsa caindo e as perspectivas de risco fiscal tomando conta do mercado. Nesse sentido, a XP Investimentos fez uma seleção com cinco fundos multimercado para ter na carteira em novembro. Confira!

fundos multimercado
A XP Investimentos fez uma seleção de cinco fundos multimercado para investir em novembro

Conheça as recomendações de fundos multimercado da XP

Com uma rentabilidade de 9,50% nos últimos 12 meses, o fundo da gestora Quantitas "possui múltiplas estratégias proprietárias nos mercados de juros, ações e moedas, caracterizado por limitada exposição em posições direcionais e perfil de risco moderado", afirma a XP.

Em análise, a corretora destaca ainda que a "distribuição do risco em várias estratégias implica numa menor exposição da cota diante de cenários específicos e movimentos de menor ou maior otimismo dos mercados".

Atualmente, o fundo conta com mais de 29 mil cotistas e tem R$ 1,44 bilhão de patrimônio líquido. Para investir nesse ativo, que tem taxa de administração de 1,8% ao ano, o valor mínimo da cota é de R$ 10 mil.

Sobre a gestora, que foi fundada em 2011, a XP ressalta que a instituição "é conhecida por operar estratégias nos mercados de juros, câmbio e bolsa – seguindo a estratégia definida no regulamento de cada um dos produtos geridos".

Com um aporte mínimo de R$ 50 mil, o Kapitalo K10 FIC FIM é um fundo macro global que, nos últimos 12 meses, reportou uma rentabilidade de 17,45%.

De acordo com a XP, o produto da gestora Kapitalo "emprega alocações de capital oportunísticas, fundamentalistas, historicamente diversificadas e sem compromisso de concentração geográfica ou de investimento em ativos específicos".

O fundo, que pode operar ações, commodities, juros, moedas e uma série de outras classes de ativos conta com um patrimônio líquido de R$ 1,30 bilhão e cerca de 3,28 mil cotistas.

A corretora comenta que a Kapitalo, fundada em 2009, é uma gestora conhecida por trabalhar com o conceito de pequenos "hedge funds" (fundo multimercado, na tradução), que são divididos por mesas. "O nome K10 vem justamente da décima mesa criada pela gestora", afirma a XP.

O SPX Nimitz é o principal fundo da SPX, uma gestora que, conforme explica a XP, tem um longo histórico de atuação em operações no mercado de renda fixa.

Neste produto, a SPX "busca oportunidades de investimento em temas macroeconômicos globais e investindo nos mercados de juros, índices de preços, taxas de câmbio, commodities e ações", comenta a corretora.

É possível investir no fundo multimercado por cotas que começam em R$ 5 mil. Nos últimos 12 meses, a rentabilidade do SPX Nimitz foi de 10,51%. O produto já possui 2,83 mil cotistas e tem R$ 233,12 milhões de patrimônio líquido.

"O Vista Hedge é um fundo macro global que busca alocações de longo prazo sem correlação com qualquer índice de mercado, evitando riscos de perda permanente de capital através da busca obsessiva por hedges", afirma a XP Investimentos.  

A corretora acrescenta que o portfólio do fundo, que tem taxa de administração de 1,40% ao ano, é "equilibrado entre investimentos direcionais, relativos e estruturas de proteção nos mercados de juros, câmbio, ações, dívida e commodities, sem restrição de geografia".

O produto, gerido pela Vista Capital, reportou uma rentabilidade de 16,11% nos últimos 12 meses, sendo possível investir nele por cotas a partir de R$ 5 mil. O patrimônio líquido do fundo, que já conta com mais de 17 mil cotistas, é de R$ 840,70 milhões.

Sobre a gestora, a XP comenta que ela "adota controles claros e rígidos de risco, especialmente através de limitações de stress test (maior perda potencial do portfólio), além de monitorar continuamente outras métricas que otimizam a alocação de capital".

Com rentabilidade de 17,91% nos últimos 12 meses, o XP Macro Plus é um fundo multimercado da XP Asset, gestora do grupo XP Inc fundada em 2005.

Em relatório, a corretora destaca que o produto "possui suas teses de investimento baseadas na elaboração de cenários macroeconômicos, que dão suporte para a escolha de classes de ativos específicas e culminam com a montagem de posições dentro do fundo".

O fundo tem como foco investimentos nos mercados de juros no Brasil, juros no exterior, moedas, além de ações brasileiras e internacionais. A XP explica que, mesmo com exposição aos mercados externos, o XP Macro Plus investe, sobretudo, em ativos locais.

A taxa de administração do ativo é de 2% ao ano e o aporte inicial mínimo é de R$ 50 mil. Atualmente, o fundo tem um patrimônio líquido de R$ 200,61 milhões, com quase dois mil cotistas.

Sobre o autor
Bruna Miato
Repórter na Mais Retorno