Logo Mais Retorno
Mercado Financeiro

Em dia de liquidez reduzida, Bolsa fecha em queda de 0,41%; dólar sobe a R$ 5,32

Investidores seguiram temerosos em relação ao risco fiscal do País

Data de publicação:04/07/2022 às 17:31 -
Atualizado um mês atrás
Compartilhe:

Em dia de liquidez reduzida por conta do feriado do Dia da Independência nos EUA, a Bolsa fechou o pregão desta segunda-feira, 4, em queda de 0,41% aos 98.550 pontos. O dólar seguiu o caminho contrário e fechou em leve alta de 0,09%, cotado a R$ 5,326.

O Ibovespa foi impactado negativamente pelo aumento do temor dos investidores em relação ao risco fiscal, turbinado pela nova PEC das bondades, que conta com uma série de auxílios sociais às vésperas da eleições.

Bolsa
Bolsas globais tiveram liquidez reduzida por conta do feriado de Dia da Independência nos Estados Unidos - Foto: PxHere

Segundo Idean Alves, sócio e chefe da mesa de operações da Ação Brasil Investimentos, com a eventual instauração do "estado de emergência", "vai ser dada uma carta branca para o Estado gastar como bem entender, aumentando a pressão sobre as contas públicas".

A queda do principal índice da B3 também foi influenciada pelo comportamento das commodities. Com o preço da tonelada do minério de ferro derrubou as ações das gigantes siderúrgicas, incluindo a Vale, que fechou o dia com desvalorização de 0,79%.

No sentido oposto, com a alta do petróleo no mercado internacional, as ações da Petrobras trafegaram no terreno positivo e ajudaram a amortizar a queda do Ibovespa. Os papéis ON e PN da petroleira encerraram o dia em alta de 2%.

O dia na Bolsa

Maiores altas

EmpresaTickerVariação
HapvidaHAPV3+7,47%
LocawebLWSA3+4,20%
PositivoPOSI3+3,68%
BRFBRFS3+3,57%
PetroRioPRIO3+3,17%

Maiores baixas

EmpresaTickerVariação
Irb BrasilIRBR3-4,63%
YduqsYDUQ3-4,24%
Magazine LuizaMGLU3-4,09%
ViaVIIA3-3,70%
EnevaENEV3-3,17%
Fonte: B3

Mercado internacional

NY fechada, Europa e Ásia encerram mistas

No exterior, as bolsas americanas seguiram fechadas por conta do feriado. Na Europa, as principais praças financeiras concluíram a sessão desta segunda-feira em alta, com exceção da Alemanha, favorecidas pela desaceleração da inflação de preços ao produtor na zona do euro e pelo bom desempenho dos papéis das petroleiras.

Segundo dados da Eurostat, agência oficial de estatísticas da União Europeia, o PPI da zona do euro saltou 36,3% em maio ante igual mês do ano passado, perdendo força ante o acréscimo anual de 37,2% observado em abril. É a primeira vez desde maio de 2020 que o indicador registra desaceleração.

Os investidores estão na expectativa da divulgação tanto da ata da última reunião do Fomc (Copom americano) na quarta-feira, 6, como a do Banco Central Europeu (BCE) na próxima quinta-feira, 7.

O vice-presidente da autoridade monetária europeia, Luis de Guindos, afirmou que o tamanho do aumento da taxa de juros dependerá da atualização das perspectivas de inflação de médio prazo.

Segundo ele, se elas persistirem ou se deteriorarem, um incremento maior do que 25 pontos-base será apropriado para a taxa de juros do bloco.

Bolsas europeias/fechamento

  • Stoxx 600 (Europa): +0,53% (409,30 pontos)
  • DAX (Frankurt): -0,31% (12.773 pontos)
  • FTSE 100 (Londres): +0,89% (7.232 pontos)
  • CAC 40 (Paris): +0,40% (5.954 pontos)

Bolsas asiáticas/fechamento

Hang Seng (Hong Kong): -0,13% (21.830 pontos)
Xangai Composto (China continental): +0,53% (3.405 pontos)
Kospi (Seul): -0,22% (2.300 pontos)
Nikkei (Tóquio): +0,84% (26.153 pontos)
S&P/ASX 200 (Sydney): +1,11% (6.612 pontos)

Com Agência Estado

Leia mais

Dividendos de ações ou de FIIs: qual vale mais a pena? (maisretorno.com)
Carteiras recomendadas: commodities e Weg lideram as indicações (maisretorno.com)
Liquidação do fundo de cripto Three Arrows Capital não é um fato isolado (maisretorno.com)
Agenda econômica: IPCA, payroll e ata do Fed são destaque da semana (maisretorno.com)
Mais Retorno promove o evento Investindo nos Melhores Fundos
Mercado secundário de renda fixa: o que é e como funciona? (maisretorno.com)

Sobre o autor
Julia Zillig
Repórter do Portal Mais Retorno.