Logo Mais Retorno
Mercado Financeiro

Depois da safra de cinco semanas em queda, Bolsa fecha com valorização de 1,70%, dólar avança 1,81%

Clima foi de alívio para as bolsas com a confirmação de ajuste do juro americano em 0,5 pp

Data de publicação:13/05/2022 às 18:09 -
Atualizado 7 dias atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

A Bolsa de Valores de São Paulo, a B3, fechou a semana com saldo positivo de 1,70%, após ter uma safra de resultado negativo nas últimas cinco semanas. A volta de investidores estrangeiros em busca de pechinchas no pregão parece ter dado sustentação ao Ibovespa e segurado uma alta ainda maior nos preços do dólar, que fecharam a semana com valorização de 1,81% em relação à última sexta, cotado a R$ 5,06.

No pregão desta sexta-feira, os mercados tiveram os ânimos renovados com a fala do presidente do banco central americano, Jerome Powell, destaca Felipe Graciano, especialista em renda variável da Blue3. Tanto por reconhecer que dificilmente vai conseguir elevar os juros para conter a inflação e sem prejudicar a economia americana, mas especialmente por confimar um ajuste dos juros em 0,50 ponto-base, e não mais que isso nas próximas reuniões.

bolsa

Isso trouxe alívio às bolsas internacionais que engataram para um dia de recuperação, após fortes quedas nos últimos dias. As bolsas da Europa fecharam em alta, mesmo com números fracos da indústria na região, e as de Nova York também encerram o dia no azul: Dow Jones subiu 1,47%; S&P 500, 2,39%; e a Nasdaq, 3,82%.

Aqui na B3 não foi diferente, o Ibovespa chegou a subir mais de 1,70% e acima dos 107 mil pontos, mas devolveu um pouco dos ganhos encerrando o pregão com alta de 1,17% aos 106.924.

Outro ponto de apoio para o fechamento positivo para a Bolsa foi a alta do petróleo, em torno de 4% no mercado internacional, que favoreceu as ações de Petrobras com avanço de 1,30% no pregão desta sexta-feira.

Ainda entre as maiores altas do Ibovespa, destaque para o grupo de edução Yudqs (YUDQ3) que reportou lucro de R$ 76 milhões no primeiro trimestre do ano, resultado 75,9% superior ao mesmo apresentado em igual período de 2021. Os papeis da empresa subiram 12,11%.

Ações do setor de turismo também tiveram fortes altas. As da Gol (GOLL4) fecharam com alta de 11,79%; as da Azul ( AZUL4), de 10,65%; e as de CVC (CVCB3), de 9,75%. Em um movimento de recuperação das seguidas quedas no último mês.

Sobre o autor
Regina Pitoscia
Editora do Portal Mais Retorno.