Logo Mais Retorno
Bolsa
Mercado Financeiro

Bolsa recua com investidores monitorando crise da Americanas

Em semana de agenda mais esvaziada, atenções se voltam para Americanas

Data de publicação:16/01/2023 às 14:12 -
Atualizado 11 dias atrás
Compartilhe:

A Bolsa abriu esta segunda-feira, 16, em queda. Os investidores monitoram ainda o desenrolar da crise da Americanas e o cenário político também segue no radar. Por volta das 11h10, o Ibovespa recua 0,94%, a 109.875 pontos

O dólar retoma o sinal positivo, registrado na abertura, após cair à mínima a R$ 5,0939 no mercado à vista. O ajuste positivo está alinhado ao sinal do índice DXY e também do dólar ante algumas divisas emergentes e ligadas a commodities, como peso mexicano.

bolsa ações eua
 

Os papéis de Americanas (#AMER3) entraram novamente em leilão, por volta das 11h09, depois de atingirem uma queda de -38,73%, a R$ 1,93.

As ações da Magazine Luiza (#MGLU3) entraram em leilão por atingirem a oscilação máxima permitida pela B3; papéis registram alta de 11,37%, cotada aos R$ 3,82.

O dólar traz pressão de alta na curva de juros em meio a uma liquidez reduzida com o feriado nos Estados Unidos e agenda esvaziada. Além disso, o investidor olha a piora das expectativas para inflação para 2023 e a disparada para 2025 no Relatório Focus do Banco Central.

Bolsas Internacionais

As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em alta nesta segunda-feira, 16, após Wall Street encerrar a última semana em tom positivo. Na semana passada, as bolsas de Nova York acumularam ganhos de 2% a quase 5%, após dados mais fracos de inflação reforçarem expectativas de que o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) irá moderar o ritmo de elevação de juros. / Com Agência Estado. 

Leia mais:

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!

Inscreva-se em nossa newsletter