Logo Mais Retorno
svb.jpg
Empresa

Veja os 10 maiores correntistas do SVB e impactos da crise do banco

Entre as empresas com os 10 maiores valores declarados em depósito, estão Circle, Roblox e Roku, confira lista completa.

Data de publicação:13/03/2023 às 14:24 -
Atualizado um ano atrás
Compartilhe:

Após um fim de semana de incertezas, o governo dos Estados Unidos garantiu acesso dos clientes aos depósitos realizados no banco Silicon Valley Bank (SVB)

Pelo risco sistêmico apresentado, o governo Biden iniciou um plano de ações, que envolveu o Departamento do Tesouro e o Conselho Econômico Nacional para trabalhar com reguladores bancários.  

10 maiores depósitos declarados somam apenas US$ 4,4 bi  

De acordo com o jornal Washington Post, entre as empresas com maiores depósitos declarados no Silicon Valley Bank (SVB), só em valores depositados por Circle, BlockFi, Roku e Roblox estão somados mais de US$ 4,1 bilhões. 

svb.jpg
Plano de ação do governo Biden foi rápido para evitar risco sistêmico no mercado americano - Foto: Reprodução

A Circle, emissora da US Coin, divulgou que US$ 3,3 bilhões de suas reservas estão no Silicon Valey Bank. Segundo o jornal Valor Econômico, a crise fez com que a 2ª maior stablecoin perdesse paridade com o dólar. 

A Roku, focada em dispositivos e serviços de streaming, US$ 487 milhões mantidos no SVB, em documento enviado à SEC, enquanto a BlockFi, credora de ativos digitais, divulgou US$ 227 bilhões sob custódia do SVB. 

A gigante de videogames americana, Roblox, divulgou exposição de US$ 150 milhões, que corresponderia a menos de 5% de seu saldo de caixa. Além disso, de acordo com comunicado divulgado pela empresa, a Roblox também manteria títulos de US$ 3 bilhões que foram mantidos no SVB. 

Além das quatro companhias, que seriam as maiores titulares de depósitos declarados, a The Kobeissi Letter, newsletter semanal que comenta mercados globais, divulgou na noite de domingo outras seis empresas com valores milionários sob custódia do SVB. 

A Ginkgo Bio, empresa focada no uso de engenharia genética para desenvolver bactérias com aplicação industrial, declarou o depósito de US$ 74 milhões no SVB. 

Ainda no segmento de saúde, estão presentes a iRhythm Tech, desenvolvedora de dispositivos para acompanhamento de arritmias cardíacas, com depósito de US$ 55 milhões no banco; e os US$ 34 milhões da Sangamo Therapeutics, focada em terapia celular e genética para combate de hemofilia. 

Na lista ainda figura a Rocket Lab, com US$ 38 milhões depositados. A empresa atua no segmento aeroespacial, projetando e fabricando foguetes e sistemas eletrônicos.

Entre companhias que atuam com serviços financeiros, estão a LendingClub, com valores sob custódia próximos de US$ 21 milhões, e a Payoneer, com depósito de US$ 20 milhões.  

Menos de 3% dos depósitos cobertos por FIDC

Para além das 10 empresas citadas pela Kobeissi Letter, a Vimeo declarou à SEC que mantém contas no SVB com saldo inferior aos 250 mil dólares de limite de garantia do FIDC. 

O Silicon Valley Bank apresenta perto de US$ 200 bilhões em depósitos. Desse valor, apenas 3% estariam cobertos pelo limite do FIDC.

Sobre o autor
Camille Bocanegra
Repórter da Mais Retorno

® Mais Retorno. Todos os direitos reservados.

O portal maisretorno.com (o "Portal") é de propriedade da MR Educação & Tecnologia Ltda. (CNPJ/MF nº 28.373.825/0001-70) ("Mais Retorno"). As informações disponibilizadas na ferramenta de fundos da Mais Retorno não configuram um relatório de análise ou qualquer tipo de recomendação e foram obtidas a partir de fontes públicas como a CVM. Rentabilidade passada não representa garantia de resultados futuros e apesar do cuidado na coleta e manuseio das informações, elas não foram conferidas individualmente. As informações são enviadas pelos próprios gestores aos órgãos reguladores e podem haver divergências pontuais e atraso em determinadas atualizações. Alguns cálculos e bases de dados podem não ser perfeitamente aplicáveis a cenários reais, seja por simplificações, arredondamentos ou aproximações, seja por não aplicação de todas as variáveis envolvidas no investimento real como todos os custos, timming e disponibilidade do investimento em diferentes janelas temporais. A Mais Retorno, seus sócios, administradores, representantes legais e funcionários não garantem sua exatidão, atualização, precisão, adequação, integridade ou veracidade, tampouco se responsabilizam pela publicação acidental de dados incorretos.
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos, ilustrações ou qualquer outro conteúdo deste site por qualquer meio sem a prévia autorização de seu autor/criador ou do administrador, conforme LEI Nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.
® Mais Retorno / Todos os direitos reservados