Empresa

O BTG divulgou um comunicado em que avalia positivamente os números apresentados pelo banco Inter no primeiro trimestre e recomendando a compra da ação, que foi elevada a novo-preço-alvo.

No geral, diz o comunicado, os dados foram sólidos, com o número de investidores, compradores de seguros, TPV (volume total de pagamentos) e de cartões e GMV no Inter Shop, todos superando nossas expectativas. Apesar da forte alta de 78% no acumulado do ano, o BTG reitera a compra, agora com novo preço-alvo de R$ 200/unit.

Banco Inter: número de investidores, seguros, pagamentos e cartões acima das expectativas

Pelos dados apresentados no balanço trimestral, o BTG considera um começo de ano forte do banco Inter, apesar de uma economia brasileira mais fraca e lockdown em março. Com todas as verticais tendo um desempenho muito bom, prossegue o comunicado, o Inter está se tornando cada vez mais uma plataforma de negócios ao invés de “apenas” um banco.

Nos próximos meses, também esperamos que ele conclua sua restruturação, “desmembrando” as verticais abaixo do banco, dando-lhe mais flexibilidade para crescer. Uma listagem nos Estados Unidos também pode acontecer, conclui o comunicado.

BTG avalia positivamente o resultado financeiro do banco Inter e eleva preço-alvo

O BTG divulgou um comunicado em que avalia positivamente os números apresentados pelo banco Inter no primeiro trimestre e recomendando a compra da ação, que foi elevada a novo-preço-alvo.

No geral, diz o comunicado, os dados foram sólidos, com o número de investidores, compradores de seguros, TPV (volume total de pagamentos) e de cartões e GMV no Inter Shop, todos superando nossas expectativas. Apesar da forte alta de 78% no acumulado do ano, o BTG reitera a compra, agora com novo preço-alvo de R$ 200/unit.

Pelos dados apresentados no balanço trimestral, o BTG considera um começo de ano forte do banco Inter, apesar de uma economia brasileira mais fraca e lockdown em março. Com todas as verticais tendo um desempenho muito bom, prossegue o comunicado, o Inter está se tornando cada vez mais uma plataforma de negócios ao invés de “apenas” um banco.

Nos próximos meses, também esperamos que ele conclua sua restruturação, “desmembrando” as verticais abaixo do banco, dando-lhe mais flexibilidade para crescer. Uma listagem nos Estados Unidos também pode acontecer, conclui o comunicado.

Imagem do autor

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Empresa
Empresa
Empresa
Empresa
Veja mais Ver mais