Logo Mais Retorno
termos

Índice Brasil Amplo BM&FBOVESPA

Autor:Equipe Mais Retorno
Data de publicação:03/02/2021 às 12:03 -
Atualizado 2 anos atrás
Compartilhe:
Sumário

O que é Índice Brasil Amplo BM&FBOVESPA?

O Índice Brasil Amplo BM&FBOVESPA ou IBrA é um índice que representa uma carteira teórica de ativos, criado em 2006. Os ativos que o integram seguem alguns critérios mínimos da Bolsa de Valores, como determinado nível de liquidez e de presença no pregão eletrônico.

A ideia deste índice, cujo código é IBRA, é dar uma visão mais ampla do mercado de ações do Brasil, por meio da representação do desempenho médio das ações da B3. Ele é classificado como retorno total, ou seja, reflete não só as variações das cotações, mas também o impacto que a distribuição de proventos das ações teria no retorno da carteira teórica.

Que ativos podem fazer parte do Índice Brasil Amplo BM&FBOVESPA?

Estes são os critérios para que uma ação integre o índice:

  • Estar entre os ativos que representem 99% em ordem decrescente de Índice de Negociabilidade (IN)

A ação ou unit deve estar entre os 99% ativos mais negociados nas vigências das 3 carteiras anteriores.

  • Ter 95% de presença em pregão

Se uma ação deixar de ser negociada na Bolsa, como quando ela se torna penny stock, não poderá mais compor o IBrA.

  • Não ser penny stock

Confirmando o critério anterior, toda ação penny stock, que é desvalorizada a ponto de chegar a valer centavos, é excluída do índice.

Além disso, BDRs e ativos de companhias em recuperação judicial ou extrajudicial, em regime especial de administração temporária ou que sejam negociados em qualquer outra situação especial também estão fora do índice.

A propósito, buscando mais equilíbrio na representação dos ativos, a B3 limita a participação na proporção de até 20% de ações, por companhia, no Índice Brasil Amplo BM&FBOVESPA.

Algumas das marcas que compõem o IBrA são: Ambev, Eletrobrás e Suzano. A Vale também faz parte e já compõe mais de 17% do índice, ou seja, quase o seu limite.

Vale a pena investir no Índice Brasil Amplo BM&FBOVESPA?

Apesar de ser impossível aplicar diretamente em um índice, os investidores têm duas opções:

  • Acompanhar a composição do Índice Brasil Amplo BM&FBOVESPA e segui-lo manualmente;
  • Comprar um ETF (Exchange Traded Fund) que simule as condições da carteira teórica.

A vantagem, especialmente para o investidor iniciante, é a de poder comprar ações com alto potencial de retorno financeiro — para o longo prazo. Além disso, no geral, as empresas que conquistam o seu lugar nesses índices têm alto crescimento financeiro.

Assim como o Índice Bovespa, o Brasil 100 e o Brasil 50, o IBrA é amplo. Então, ele inclui companhias de diversos tamanhos e que vêm de setores distintos, cada uma com um peso no cálculo do índice. Outras opções de tipos de índice para investir são:

  • Índices de Governança Corporativa (IGC): reúne os ativos das empresas com a melhor governança de sua gestão;
  • Índices de segmentos e setoriais: são os ativos das empresas que fazem parte de um mesmo segmento econômico;
  • Índices de sustentabilidade: inclui os papéis das companhias que têm compromisso com a sustentabilidade;
  • Índices em parceria S&P Dow Jones: seleciona os ativos por volatilidade, risco, retorno em dividendos, preço sobre valor patrimonial ou endividamento.

Independente do tipo de índice e se é, ou não, o IBrA, existe uma certeza: você nunca vai perder 100% do capital ao investir nessas carteiras teóricas. Claro que uma outra empresa pode ter problemas, vir à falência… mas a maior parte do seu dinheiro estará em grandes companhias.

Como o Índice Brasil Amplo BM&FBOVESPA é atualizado a cada 12 meses, pode se estimar que, se você passar 15 anos investindo nele, seu capital provavelmente ainda estará nas melhores empresas da Bolsa.

Sobre o autor
Autor da Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!
Mais sobre

Inscreva-se em nossa newsletter