Logo Mais Retorno
GP Investments
Economia

Sinais do Fed fazem Wall Street elevar previsão para juros dos EUA

Gigantes como Goldman Sachs, BofA e Citi subiram suas projeções de 0,25 ponto porcentual para 0,50

Data de publicação:28/03/2022 às 09:10 -
Atualizado 2 anos atrás
Compartilhe:

Um trio de pesos-pesados de Wall Street - primeiro o Goldman Sachs, e, agora, o Bank of America (BofA) e o Citi - elevaram novamente as suas projeções para os juros básicos dos EUA no ano.

O movimento vem com a sinalização de dirigentes do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) de que farão o que for necessário para colocar a inflação do país nos trilhos novamente.

Sinais do Fed fazem Wall Street elevar previsão para juro
Grandes bancos acreditam em uma elevação mais forte dos Fed Funds, seguindo sinalização do Fed - Foto: Reprodução

"50 é o novo 25", afirmou o BofA, referindo-se aos futuros movimentos de subida de juros por parte da autoridade monetária nos EUA.

Na semana passada, o Fed elevou os juros básicos dos Estados Unidos, os Fed Funds, pela primeira vez desde 2018, e sinalizou uma postura agressiva para controlar a inflação.

O Citi espera, agora, que o Fed eleve os juros em 50 pontos-base nas reuniões de maio, junho, julho e setembro e outras altas de 25 pontos-base nos dois últimos encontros do ano, previstos para outubro e dezembro.

"Se a inflação acelerar inesperadamente, é possível que o Fed suba mais do que 50 pontos-base (por exemplo, 75 pontos-base) em uma reunião", avaliam os analistas do Citi, em relatório.

"Estamos surpresos com a mudança muito abrupta das autoridades do Fed em aumentos de 50 pontos-base", dizem Mark Cabana, Ralph Axel, Meghan Swiber e Bruno Braizinha, do BofA.

Postura do Fed sinaliza alta

O presidente da distrital do Fed em Nova York, John Williams, evitou, na última sexta-feira, 25, descartar a possibilidade de o Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC, na sigla em inglês) elevar a taxa básica de juros em 50 pontos-base em qualquer uma das próximas reuniões, incluindo a de maio, caso apropriado.

Williams disse que analisará os dados econômicos no momento do encontro para decidir as dimensões dos ajustes nos juros. "Há consenso sobre a necessidade de aumentar a taxa ao longo deste ano e do próximo", ressaltou. / com Agência Estado

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!

® Mais Retorno. Todos os direitos reservados.

O portal maisretorno.com (o "Portal") é de propriedade da MR Educação & Tecnologia Ltda. (CNPJ/MF nº 28.373.825/0001-70) ("Mais Retorno"). As informações disponibilizadas na ferramenta de fundos da Mais Retorno não configuram um relatório de análise ou qualquer tipo de recomendação e foram obtidas a partir de fontes públicas como a CVM. Rentabilidade passada não representa garantia de resultados futuros e apesar do cuidado na coleta e manuseio das informações, elas não foram conferidas individualmente. As informações são enviadas pelos próprios gestores aos órgãos reguladores e podem haver divergências pontuais e atraso em determinadas atualizações. Alguns cálculos e bases de dados podem não ser perfeitamente aplicáveis a cenários reais, seja por simplificações, arredondamentos ou aproximações, seja por não aplicação de todas as variáveis envolvidas no investimento real como todos os custos, timming e disponibilidade do investimento em diferentes janelas temporais. A Mais Retorno, seus sócios, administradores, representantes legais e funcionários não garantem sua exatidão, atualização, precisão, adequação, integridade ou veracidade, tampouco se responsabilizam pela publicação acidental de dados incorretos.
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos, ilustrações ou qualquer outro conteúdo deste site por qualquer meio sem a prévia autorização de seu autor/criador ou do administrador, conforme LEI Nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.
® Mais Retorno / Todos os direitos reservados