Logo Mais Retorno
Fundos de Investimentos

Do topo à lanterna, o que deu errado nos fundos small caps da Trígono em janeiro? Veja ranking do mês

Ações de empresas maiores atraíram os investidores estrangeiros por ser porta de entrada e saída da bolsa

Data de publicação:16/02/2022 às 00:30 -
Atualizado 3 meses atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

Em janeiro, foram as "blue chips", as ações mais negociadas da Bolsa, que brilharam e atraíram os investidores estrangeiros. As ações de empresas menores, as small caps, não tiveram a mesma performance. Nenhum dos 20 fundos small caps, que entraram no levantamento da Mais Retorno, conseguiu acompanhar a valorização do Índice Bovespa no mês, de 6,98%. Ainda, assim, 17 deles fecharam janeiro no azul.

O que mais surpreende, no entanto, é que na lanterna do ranking vieram dois fundos small caps acostumados a ocupar uma posição de destaque, sempre na liderança dos mais rentáveis dessa classe de ativos sob gestão da Trígono Capital.

Ranking dos fundos small caps em janeiro

FundoRend. jan/2022Rend. 12 mesesPatrimônio
em R$ milhões
1 - BNP Paribas Small Caps5,58% -8,12% 457,038
2 - Mapfre FIA Small5,18% 14,21% 50,313
3 - Banrisul Ações FIA4,52% -5,46% 176,688
4 - BB Ações Small Caps4,33%-12,25% 442,471
5 - Safra Small Caps4,30% -8,10% 66,654
6 - Itaú Seleção Ações FIC FI4,30% -4,07% 88,908
7 - Itaú Small CAP Valuation4,26% -3,99% 923,869
8 - Itaú Ações Small CAP FIC FI4,24% -5,09% 19,503
9 - Safra Small CAP FIC FIA4,20% -9,17% 128,201
10 - Safra Small CAP II FIC FIA4,20% -9,30% 50,857
11 - Bradesco Prime Small CAP4,18% -5,76% 290,904
12 - Bradesco FIC FIA Estrat. Small Caps4,13% 2,72% 162,734
13 - FIA Caixa Small Caps Ativo3,98%-10,73% 909,619
14 - Bradesco FIA MID Small Caps3,96% -3,69%1.379,126
15 -Trend Small Caps FIA3,23%-10,20% 24,367
16 - Bradesco H FIC FIA Small Caps3,19%-12,12% 47,165
17 - Rio Verde Small Caps FIA2,16%-18,60% 23,206
18 - 4UM Small Caps FIA-1,36 0,88% 431,224
19 - Trígono Flagship 60 Small Caps FIC FIA-3,28% 36,03% 588,078
20 - Trígono Flagship Small Caps FIC FIA-3,29% 36,79% 198,306
Fonte: Mais Retorno

O Trígono Flaship 60 Small Caps FIC FI apresentou um rendimento negativo de 3,28% e o Trígono Flagship Small Caps FIC FI, de 3,29%, em janeiro. Mas o que deu errado na estratégia dos fundos da Trígono nesta virada de ano? Um inesperado fluxo forte de capital estrangeiro mudou a direção dos ventos que sopram na bolsa de valores.

Reviravolta no mercado

O campeão em janeiro foi o BNP Paribas Small Caps FIA, que entregou um rendimento de 5,58% a seus cotistas, seguido do Mapfre FIA Small, na vice-liderança de rentabilidade, com 5,18%. O ganho dos demais fundos com rentabilidade positiva no mês variou entre 4,52% e 2,16%.

Surpreendente também, para quem acompanha a bolsa de valores e essa classe de ativos, é que os 17 fundos com desempenho positivo renderam com ampla margem acima da inflação de 0,54% de janeiro. Mas não o suficiente para superar a valorização de 6,98% acumulada pelo Ibovespa (Índice Bovespa) no período.

A reviravolta ocorre após seguidos meses de desvantagem da evolução do Ibovespa na B3, que colecionou variação negativa de julho a novembro, antes de reagir em dezembro de 2021, com uma alta de 2,85%. As ações líderes do segmento e com forte peso no índice que serve de benchmark para esses fundos sofreram com as incertezas fiscais nesse período, derivadas da PEC dos Precatórios e do risco de furo do teto de gastos.

Os fundos small caps, com o portfólio formado por ações de empresas mais ligadas ao ambiente micro e menos sensíveis ao cenário macro, nadaram de braçadas no segundo semestre de 2021, em meio a fortes preocupações comas questões fiscais, que pesaram nas blue chips.

Henrique Estela, especialista da SVN Investimentos, diz que o fraco desempenho dessa classe de ativos em janeiro “não foi aparentemente algo pontual do Trígono, mas de todo o setor de small caps, que não foi tão positivo como as blue chips”, nesta virada de ano.

fundos small caps
Ações mais líquidas levaram vantagem sobre as small caps em janeiro - Foto: Reprodução

Fundos small caps da Trígono

Em relatório mensal, o gestor Werner Roger, da Trígono Capital, comenta que as ações mais líquidas foram sustentadas pelo forte fluxo de capital estrangeiro que ingressou na bolsa de valores ao longo do mês, enquanto as ações menos líquidas não tiveram comportamento similar e o Ibovespa se deslocou da performance das micro e small caps.

O fundo Trígono Flagship Small Caps FIC FIA 60 recuou 3,3% em janeiro, comparado com uma valorização de 9,6% do SMLL (índice small cap, que reflete os ativos das empresas de menor capitalização na B3), puxado, segundo o relatório, por ações de maior liquidez com maior participação no índice.

A resenha mensal destaca ainda que a volatidade anual do fundo da gestora em janeiro, de 23,3%, ficou abaixo da de 26,2% do SMLL, “apesar de o fundo estar concentrado em sete empresas que representam 78% da carteira, o que demonstra elevada convicção nas principais posições e a sua assertividade”.

Embora acomodados na lanterninha no ranking de janeiro, os fundos da Trígono sustentaram a liderança em rentabilidade, com ampla diferença sobre os demais, no balanço de 12 meses. O Trígono Flagship Small Caps FIC FIA entregou um ganho de 36,79% e o Trígono Flagship 60 Small Caps, de 36,03% nesse período. Ambos foram também os mais rentáveis de 2021, com rendimento acumulado de 59,68% e 60,01%, respectivamente.

O Mapfre FIA Small, com rendimento de 14,21%, forma, com os produtos da Trígono, o trio de fundos que entregaram rendimento acima da inflação de 10,38% acumulada nos últimos 12 meses. Outros dois fundos tiveram rentabilidade positiva, mas abaixo do IPCA do período, enquanto todos os demais tiveram o rendimento no terreno negativo. 

Leia mais

Sobre o autor
Tom Morooka
Colaborador do Portal Mais Retorno.