Empresa

A Easynvest ganhou novo logo e agora atende pelo nome Easynvest by Nubank, uma vez que o banco digital anunciou a conclusão de todos os trâmites jurídicos para a aquisição da corretora.

Foto: Reprodução
Desde a fundação, o Nubank conquistou mais de 35 milhões de clientes e pretende se aproximar de investidores mais experientes - Foto: Reprodução

Em nota, o banco ainda confirmou Fernando Miranda, diretor-presidente da Easynvest, como líder de toda a área de investimentos do Nubank.

O banco informa que a marca Easynvest By Nubank começa a ser implementada em todos os pontos de contato com os 1,6 milhão de clientes da corretora e que Fernando Miranda já assume a nova posição.

"Estou muito feliz e entusiasmado com esse desafio. A missão é diversificar e desenvolver outras opções de investimento e entregar a melhor experiência nas duas plataformas para ajudar ao máximo os diferentes perfis de clientes", diz Miranda.

Investidores mais experientes

Com a incorporação da Easynvest - que possui R$ 26 bilhões de ativos sob custódia - à sua área de investimentos, o Nubank passa a atender também perfis de clientes com maior experiência em investimentos. Por enquanto, as duas marcas permanecem com experiências, aplicativos e equipes de atendimento em estruturas diferentes.

Além da Easynvest, em 2020 o Nubank também fez a aquisição da americana Cognitect, referência mundial em engenharia de software, e da brasileira Plataformatec, consultoria especializada em método ágil e em desenvolvimento e gerenciamento de produtos.

Bolsa

Além desse passo, a Nubank anunciou em abril que deu início à preparação para abertura de capital nos Estados Unidos que pode se concretizar ainda em 2021.

Avaliado em cerca de US$ 25 bilhões em uma rodada de arrecadação de fundos privados, o banco digital trabalha junto a consultores para definir detalhes da oferta pública inicial em Nova York, de acordo com Agência Reuters.

Sediada em São Paulo, o Nubank foi criado em 2013 pelo colombiano David Velez para emitir cartões de crédito roxos sem anuidade.

Desde a fundação, conquistou mais de 35 milhões de clientes, lançou novos produtos financeiros, como contas correntes e empréstimos, e se expandiu pela América Latina. Nos últimos sete anos, levantou US $ 1,2 bilhão em várias rodadas de financiamento. / com Agência Estado

Imagem do autor

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Visualizar Comentários

Empresa
Empresa
Empresa
Empresa
Veja mais Ver mais