Mercado Financeiro

O Nubank iniciou a preparação para abertura de capital nos Estados Unidos que pode se concretizar ainda em 2021. Avaliado em cerca de US$ 25 bilhões em uma rodada de arrecadação de fundos privados, o banco digital trabalha junto a consultores para definir detalhes da oferta pública inicial em Nova Iorque, de acordo com reportagem da agência de notícias Reuters. 

Desde a fundação, o Nubank conquistou mais de 35 milhões de clientes

"Provavelmente faremos um IPO em algum momento, mas não está entre nossas prioridades atuais. Temos o apoio de um grupo incrível de investidores que compartilham uma visão de longo prazo sobre o nosso negócio", disse Nubank em comunicado.

Em 2020, o Nubank registrou prejuízo líquido de R$ 230,2 milhões, abaixo dos R$ 312,7 milhões do ano anterior. Entre os investidores que dão suporte ao banco, estão empresas de capital de risco Dragoneer Investment Group, Ribbit Capital, Tencent Holdings (0700.HK) Ltd e Tiger Global Management, bem como o Founders Fund, que é apoiado pelo bilionário Peter Thiel.

Sediada em São Paulo, o Nubank foi criado em 2013 pelo colombiano David Velez para emitir cartões de crédito roxos sem anuidade. Desde a fundação, conquistou mais de 35 milhões de clientes, lançou novos produtos financeiros, como contas correntes e empréstimos, e se expandiu pela América Latina. Nos últimos sete anos, levantou US $ 1,2 bilhão em várias rodadas de financiamento.

Imagem do autor

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mercado Financeiro
Índices e Indicadores
Mercado Financeiro
Empresa
Veja mais Ver mais