Empresa

O diretor-presidente da Tesla, Elon Musk, voltou a falar sobre bitcoin e criptomoedas, sua mais nova paixão, em evento realizado para investidores. O empresário afirmou possuir criptomoedas como ether, bitcoin e dogecoin em sua carteira, confessou que perdeu muito com as quedas dos últimos tempos e afastou especulações de que poderia liquidar as aplicações da cadeia de ativos: "Eu posso inflar, mas não largo", comentou. .

Foto: Pixabay
Musk afirma ter criptomoedas em sua carteira de investimentos e que foi prejudicado com a volatilidade do ativo - Foto: Envato

As declarações do empresários foram dadas no evento The B Word, nesta quarta-feira 21. para investidores de criptomoedas. Durante o evento, o empreendedor expressou suas visões sobre o mercado e observou as vantagens do bitcoin frente os modelos tradicionais, como a descentralização da criptomoeda.

Dentre seus investimentos fora da Tesla e da Space X, o bitcoin lidera com vantagem, segundo Musk. "Se o preço do bitcoin cair, eu perco dinheiro", afirmou o empresário, que esteve atrelado à uma volatilidade recente do ativo. "Eu posso inflar, mas não largo", sugeriu o diretor-presidente sobre a criptomoeda.

Sobre a Tesla passar a não aceitar bitcoin em virtude do impacto ambiental do ativo, Musk afirmou que é possível uma revisão na posição da empresa caso haja avanço na sustentabilidade da energia empregada na mineração.

Segundo o diretor-presidente da companhia, desde o anúncio, além de uma queda nos preços do bitcoin, houve uma movimentação "massiva" buscando tornar os procedimentos mais sustentáveis.

"A Tesla não pode ser responsável por energias mais limpas e ao mesmo tempo não apoiar tais diligências para o bitcoin", afirmou, indicando ter observado uma "mudança" em direção à energias mais limpas.

"Essas movimentações me afetam financeiramente, mas se esta fosse minha preocupação, não teria feito", afirmou, reiterando que tanto sua carteira quanto a da Tesla possuem investimentos em bitcoin, e que a queda no ativo lhe prejudicou.

Baixo custo

Um dos pontos destacados por Musk como uma vantagem para o bitcoin é a possibilidade de realizar transações com baixo custo.

O diretor-presidente da Tesla também avaliou que problemas técnicos para a moeda tendem a ser solucionados mediante o avanço da tecnologia. Quanto à Dogecoin, o empreendedor indicou que "seria irônico" caso um criptoativo que começou com uma piada se tornasse resiliente.

O The B Word se descreve como um evento voltado a clarificar o papel do bitcoin, e contou com uma série de painéis sobre a criptomoeda.

O evento foi observado com grande interesse por investidores no tema, e explicou parte da volatilidade do ativo, que recuperou a marca simbólica de US$ 30 mil. / com Agência Estado

Imagem do autor

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Visualizar Comentários

Economia
Empresa
Empresa
Empresa
Veja mais Ver mais