Logo Mais Retorno
ibovespa bolsa
Mercado Financeiro

Mercado ao vivo: acompanhe as movimentações da Bolsa e do dólar nesta quarta-feira, 20 de julho

Vale puxa queda do Ibovespa neste pregão, após números de produção e vendas fracos

Data de publicação:20/07/2022 às 10:52 -
Atualizado 3 meses atrás
Compartilhe:

A Bolsa de Valores brasileira, a B3, opera em queda nas primeiras horas do pregão desta quarta-feira, 20, puxada por uma desvalorização acentuada nas ações da Vale, empresa com maior peso na composição do Ibovespa. Às 16h, o índice registrava baixa de 0,22%, aos 98.027 pontos, enquanto a mineradora recuava 2,61% apesar de ter caído mais de 3,3%. O dólar operava em alta de 0,66%, cotado a R$ 5,46, no mesmo período.

O desempenho negativo da Vale é consequência da divulgação dos números de produção e venda da companhia na véspera. A equipe de Research do BTG Pactual destaca que a empresa reportou uma baixa de 1,2% na produção de minério de ferro no segundo trimestre deste ano, para 74,1 milhões de toneladas, além de uma baixa de 2,3% nas vendas.

BofA vale bolsa
Vale puxa queda do Ibovespa neste pregão | Foto: Reprodução

"A empresa também reduziu suas estimativas para a produção de minério de ferro no ano para entre 310 milhões/toneladas (mi/t) e 320 mi/t, dos 335 mi/t projetados anteriormente", pontuam os analistas. O bom desempenho das empresas ligadas ao consumo doméstico seguram a Bolsa de um queda mais expressiva neste pregão.

O dia na Bolsa

Maiores altas da Bolsa

EmpresaCódigoVariação
LocawebLWSA3+7,60%
VibraVBBR3+4,96%
CVCCVCB3+2,90%
ViaVIIA3+2,60%
UltraparUGPA3+2,58%
Fonte: B3 | Dados atualizados às 10h40

Maiores baixas da Bolsa

EmpresaCódigoVariação
CognaCOGN3-3,43%
ValeVALE3-3,22%
BradesparBRAP4-2,96%
SuzanoSUZB3-2,31%
MarfrigMRFG3-1,49%
Fonte: B3 | Dados atualizados às 10h40

Mercados internacionais

Depois de um pregão de ganhos expressivos em Wall Street, com os investidores reagindo a temporada de balanços corporativos do segundo trimestre de 2022, os principais índices acionários dos Estados Unidos e da Europa operam com volatilidade nas primeiras horas do pregão desta quarta-feira, na expectativa pela decisão de política monetária do Banco Central Europeu amanhã, que deve elevar os juros na União Europeia pela primeira vez em 11 anos.

Nos Estados Unidos, a temporada de balanços vem surpreendendo positivamente os investidores e especialistas, principalmente com o setor de tecnologia. Na véspera, foi a vez da Netflix divulgar seus números. A empresa de streaming teve lucro líquido de US$ 1,44 bilhão, cerca de US$ 3,20 por ação, o que representa uma alta de 7%, enquanto a recita avançou 8,6%, a US$ 8 bilhões.

"A empresa também informou a perda de 970 mil usuários pagos, abaixo do estimado de 2 milhões, e expectativa de uma adição líquida de um milhão de novos assinantes no terceiro trimestre de 2022, o que agradou o mercado."

Equipe de Research do BTG Pactual

Agenda de dados econômicos

Na agenda econômica do dia, as principais divulgações ficam por conta do continente europeu. No Reino Unido, a inflação medida pelo índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) acelerou em junho e acumula alta de 9,4% em um ano, a maior desde abril de 1982. O resultado veio pouco acima das expectativas do mercado, que esperavam avanço de 9,3%.

Já na Alemanha, a quarta-feira foi dia de divulgação da inflação ao produtor, medida pelo índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês). Em junho, o PPI do país subiu 0,6%, levando o indicador a uma alta acumulada de 32,7% em relação ao mesmo período do ano passado. A Destatis, agência de estatísticas alemã, afirma que a principal responsável pela disparada nos preços é a energia elétrica, que já saltou 86,1% na comparação anual.

Na Ásia, as bolsas fecharam em alta generalizada, acompanhando o dia positivo vivido pelos mercados globais na véspera. Também contribuiu para o pregão de avanços no continente a decisão do Banco Popular da China (PBoC, na sigla em inglês) de manter a taxa básica de juros de empréstimos de um ano estável em 3,7% e a taxa de cinco anos em 4,45%, seguindo expectativas do mercado.

Desempenho das bolsas americanas

  • Dow Jones: baixa de 0,13%
  • S&P 500: alta de 0,02%
  • Nasdaq 100: alta de 0,33%

Dados atualizados às 10h40

Desempenho das bolsas europeias

  • Stoxx 600 (Europa): baixa de 0,45%
  • FTSE 100 (Inglaterra): baixa de 0,23%
  • DAX (Alemanha): baixa de 0,73%
  • CAC 40 (França): baixa de 0,49%

Dados atualizados às 10h40

Fechamento das bolsas asiáticas

  • Xangai Composto (China): alta de 0,77%
  • Shenzhen Composto (China): alta de 0,71%
  • Hang Seng (Hong Kong): alta de 1,11%
  • Nikkei (Japão): alta de 2,67%
  • Kospi (Coréia do Sul): alta de 0,67%
  • Taiex (Taiwan): alta de 0,27%

Com Agência Estado

Leia mais

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!

Inscreva-se em nossa newsletter