Logo Mais Retorno
Mercado Financeiro

Mercado ao vivo: acompanhe as movimentações da Bolsa e do dólar nesta segunda-feira, 11 de julho

Bolsa e exterior operam em queda com notícias da pandemia na China

Data de publicação:11/07/2022 às 10:51 -
Atualizado um mês atrás
Compartilhe:

A Bolsa de Valores amanheceu com alta acentuada nesta segunda-feira, 11, seguindo as preocupações dos mercados globais com as notícias vindas da China sobre uma nova variante da covid-19. Além de ver os números de casos subirem a cada dia, o país asiático identificou uma subvariante da ômicron tratada como "altamente contagiosa" em Xangai.

Além da cautela com o espelhamento da doença pelo mundo, as informações elevam as incertezas sobre a retomada da atividade econômica na China, que é a segunda maior economia do mundo e uma das principais demandantes por diversos produtos em nível global - o que poderia impactar a economia de diversos países. Neste contexto, o Ibovespa operava em baixa de 1,58%, aos 98.701, às 11h40, enquanto dólar avançava 1,52%, cotado a R$ 5,35.

bolsa dividendos
Sede da B3, a Bolsa de Valores brasileira | Foto: B3/Divulgação

Com o receio pelas proporções da pandemia na China, as ações da Bolsa vivem um dia de queda praticamente generalizada, com algumas poucas exceções em empresas de setores mais resilientes, como telecomunicações (com a Telefônica, que às 11h40 avançava 0,48%) e energia elétrica (com Cemig que subia 1,07% no mesmo horário).

Embora as baixas sejam espalhadas, as principais contribuições negativas para o desempenho do Ibovespa neste pregão vêm da Vale e da Petrobras, companhias com o maior peso na composição do índice, que recuavam 3,09% e 1,22%, na sequência. Os papéis das empresas caem na esteira da desvalorização do minério de ferro e do petróleo no exterior com perspectivas de que a demanda pelas commodities possa ser reduzida.

O dia na Bolsa

Maiores altas da Bolsa

EmpresaCódigoVariação
CemigCMIG4+1,07%
SuzanoSUZB3+0,57%
TelefônicaVIVT3+0,48%
JBSJBSS3+0,19%
MinervaBEEF3+0,07%
Fonte: B3 | Dados atualizados às 11h40

Maiores baixas da Bolsa

EmpresaCódigoVariação
GolGOLL4-6,37%
AzulAZUL4-5,86%
MéliuzCASH3-5,60%
ViaVIIA3-4,94%
EcorodoviasECOR3-4,78%
Fonte: B3 | Dados atualizados às 11h40

Mercados internacionais

Os mercados internacionais operam majoritariamente em baixa, também com a cautela sobre a situação da pandemia na China renovada. Estados Unidos e Europa também recuam com as expectativas em relação à divulgação de dados importantes de suas economias ao longo da semana, com destaque para os números de inflação no país norte-americano.

Em Hong Kong, os negócios foram pressionados não apenas pela questão da covid-19, mas também por decisão de Pequim de multar "giant techs" chinesas, por falharem em fazer declarações antitruste apropriadas. A ação do Alibaba despencou 5,8% em Hong Kong e a da Tencent recuou 2,9%.

Exceção foi o Japão, após o governista Partido Liberal Democrata (PLD) e seus aliados vencerem a eleição parlamentar do fim de semana no Japão. O triunfo veio dois dias após o ex-primeiro-ministro japonês Shinzo Abe, um expoente do PLD, ser morto a tiros durante um comício. O Nikkei foi sustentado ainda pela desvalorização do iene, que nas últimas horas atingiu seu menor nível em quase 24 anos em relação ao dólar.

Desempenho das bolsas americanas

  • Dow Jones: baixa de 0,38%
  • S&P 500: baixa de 0,94%
  • Nasdaq 100: baixa de 1,69%

Dados atualizados às 11h40

Desempenho das bolsas europeias

  • Stoxx 600 (Europa): baixa de 0,72%
  • FTSE 100 (Inglaterra): baixa de 0,18%
  • DAX (Alemanha): baixa de 1,41%
  • CAC 40 (França): baixa de 0,91%

Dados atualizados às 11h40

Fechamento das bolsas asiáticas

  • Xangai Composto (China): baixa de 1,27%
  • Shenzhen Composto (China): baixa de 1,47%
  • Hang Seng (Hong Kong): baixa de 2,77%
  • Nikkei (Japão): alta de 1,11%
  • Kospi (Coréia do Sul): baixa de 0,44%
  • Taiex (Taiwan): baixa de 0,86%

Leia mais

Com Agência Estado

Sobre o autor
Bruna Miato
Repórter na Mais Retorno