Logo Mais Retorno
imóveis
Fundos Imobiliários

Mais Retorno lança novo guia completo sobre Fundos Imobiliários (FIIs)

Ideia é trazer todas as informações importantes sobre essa classe de ativos para ajudar o investidor a fazer as melhores escolhas

Data de publicação:01/07/2022 às 05:00 -
Atualizado um ano atrás
Compartilhe:

Os fundos imobiliários (FIIs) caíram nas graças dos investidores nos últimos anos. Entre os motivos estão alguns diferenciais dessa classe de ativos, como a exposição à renda variável, investimento inicial com valor baixo, isenção de Imposto de Renda, liquidez e a entrega de rendimentos mensais.

Para auxiliar os investidores na missão de entrar nesse universo ou aqueles que já alocam recursos em FIIs a turbinar seus investimentos, a Mais Retorno está lançando o guia 'Desmistificando Fundos Imobiliários'. Ele pode ser baixado AQUI.

guia FIIs
Novo guia tem como intuito ajudar o investidor a fazer os melhores investimentos em FIIs - Foto: Mais Retorno

Segundo Felipe Medeiros, diretor da Mais Retorno, a intenção é oferecer informações cada vez mais completas sobre o mundo dos investimentos para ajudar os investidores na hora de escolher as melhores opções para investir seu dinheiro.

“Os FIIs ganharam espaço no mercado financeiro nos últimos anos e têm sido bastante procurados principalmente para quem quer ter rendimentos mensais e que tem apreço ao setor imobiliário”, destaca.

Felipe Medeiros, da Mais Retorno

O que você vai encontrar no guia de FIIs

O guia de FIIs da Mais Retorno faz uma verdadeira radiografia do mundo dos fundos e traz todas as informações que o investidor precisa saber sobre o assunto.

Apresenta o que são os FIIs, os tipos existentes no mercado, as categorias disponíveis, mostra todos os passos sobre como investir nos fundos, como fazer uma análise correta das melhores opções, como montar uma carteira de FIIs, traz os fundos imobiliários que mais renderam em 2021 e o que esperar para o setor em 2022.

Um mercado em expansão

Os FIIs foram regulamentados no mercado brasileiro em 1993, porém, somente após quase três décadas é que eles ganharam mais espaço no mercado financeiro.

Segundo dados da Bolsa de Valores de São Paulo, a B3, a presença dos investidores brasileiros nessa classe de ativos cresceu 660% de dezembro de 2018 (208 mil) a janeiro deste ano (1,58 milhão).

Ainda de acordo com a Bolsa, hoje são mais de 400 FIIs listados, com um valor de mercado total superior a R$ 130 bilhões e com investidores, em sua grande maioria, de pessoas físicas.

Com a expansão, os FIIs seguem captando mais recursos e buscando os melhores investimentos para se tornarem cada vez mais rentáveis.

Leia mais

'Pacote de bondades' do Senado agrava incerteza fiscal: onde se proteger (maisretorno.com)
Ações que mais subiram e mais caíram no primeiro semestre; confira (maisretorno.com)
Stranger Things: nova temporada da série da Netflix pode salvar empresa? (maisretorno.com)
PEC dos combustíveis é aprovada no Senado e será votada na Câmara (maisretorno.com)

Sobre o autor
Julia Zillig
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!

® Mais Retorno. Todos os direitos reservados.

O portal maisretorno.com (o "Portal") é de propriedade da MR Educação & Tecnologia Ltda. (CNPJ/MF nº 28.373.825/0001-70) ("Mais Retorno"). As informações disponibilizadas na ferramenta de fundos da Mais Retorno não configuram um relatório de análise ou qualquer tipo de recomendação e foram obtidas a partir de fontes públicas como a CVM. Rentabilidade passada não representa garantia de resultados futuros e apesar do cuidado na coleta e manuseio das informações, elas não foram conferidas individualmente. As informações são enviadas pelos próprios gestores aos órgãos reguladores e podem haver divergências pontuais e atraso em determinadas atualizações. Alguns cálculos e bases de dados podem não ser perfeitamente aplicáveis a cenários reais, seja por simplificações, arredondamentos ou aproximações, seja por não aplicação de todas as variáveis envolvidas no investimento real como todos os custos, timming e disponibilidade do investimento em diferentes janelas temporais. A Mais Retorno, seus sócios, administradores, representantes legais e funcionários não garantem sua exatidão, atualização, precisão, adequação, integridade ou veracidade, tampouco se responsabilizam pela publicação acidental de dados incorretos.
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos, ilustrações ou qualquer outro conteúdo deste site por qualquer meio sem a prévia autorização de seu autor/criador ou do administrador, conforme LEI Nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.
® Mais Retorno / Todos os direitos reservados