Logo Mais Retorno
Finanças Pessoais

Mais Retorno lança o guia ‘Desmistificando o Mercado de Renda Fixa’; veja o que ele traz

A renda fixa não é tão fixa assim, nem tão segura

Data de publicação:01/08/2022 às 12:29 -
Atualizado 16 dias atrás
Compartilhe:

A partir desta segunda-feira, 1º, a Mais Retorno oferece a seus leitores o guia "Desmistificando o Mercado de Renda Fixa". É um guia rápido e completo sobre as aplicações em renda fixa hoje disponíveis no mercado, que vão muito além da popular caderneta de poupança, em linguagem simples e objetiva. Para acessá-lo gratuitamente, clique aqui.

Ele acaba também com o mito de que a renda fixa é um segmento totalmente seguro. Em vez disso, mostra que o setor traz condições de projeções de rendimento, muito mais do que na renda variável. Mas "a previsibilidade é diferente de garantia, algo muito importante nesse mercado".

guia de renda fixa
Guia rápido traz o que é a renda fixa, como funciona, tipos de títulos e riscos - Foto: Marcos Santos/USP Imagens

O mundo da renda fixa gira em torno de títulos, e ao definir o seu indexador, o investidor tem uma indicação sobre qual será o retorno e o fluxo financeiro da aplicação.

Esses papeis em maior ou menor grau oferecem três tipos de risco: de crédito, de liquidez, e de mercado. O guia aborda cada um deles, por que ao conhecê-los, o investidor poderá definir sua estratégia para empregar o dinheiro com mais segurança.

Além do aspecto da garantia, o guia mostra qual o rendimento oferecido pela renda fixa em suas diferentes versões, títulos públicos, bancários ou privados, pré ou pós-fixado. Como a Selic, o juro básico da economia, influencia o retorno dos títulos, assim como o prazo do investimento e quem é o emissor do papel.

O guia analisa também a liquidez da renda fixa. As opções que permitem resgates diários e as de longo prazo, além de esclarecer quando é mais recomendável levar o papel até seu vencimento final para não ter prejuízo. Por isso, ele dedica um bom espaço para explicar o que é a "marcação a mercado" dos títulos.

Ao mesmo tempo, como vai explicado no guia, se precisar do dinheiro antes do vencimento final do título, o investidor tem a possibilidade de resgatá-lo, com negociações dos títulos em mercado secundário, mediante descontos sobre o título.

E, finalmente, para quem pretende ter o dinheiro remunerado por diferentes títulos e não conta com familiaridade com eles, tem a opção de investir em fundos de renda fixa, que igualmente vai em detalhes no guia.

Sobre o autor
Regina Pitoscia
Editora do Portal Mais Retorno.