Logo Mais Retorno
Mercado Financeiro

Bolsa fecha em alta de 0,21% acompanhando o exterior; dólar recua a R$ 5,30

Confira as movimentações do mercado nesta segunda-feira

Data de publicação:31/01/2022 às 18:56 -
Atualizado 4 meses atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

Acompanhando o exterior, a Bolsa de Valores fechou em alta nesta segunda-feira, 31. Após oscilar bastante ao longo do pregão, com os investidores repercutindo a piora nas projeções do Boletim Focus, pelo lado negativo, e a forte temporada de balanços corporativos nos Estados Unidos, pelo positivo, o Ibovespa avançou 0,21%, aos 112.144 pontos. Já o dólar recuou 1,17%, cotado a R$ 5,30, menor patamar desde setembro.

Também contribui para a volatilidade do mercado interno as expectativas com a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, que começa amanhã e termina na quarta-feira, 02, com a divulgação do comunicado. A maior parte dos especialistas já considera como certa uma elevação na Selic, taxa básica de juros, de 1,5 ponto percentual, o que a leva para 10,75% ao ano.

Mercado ao vivo: confira a Bolsa e o dólar nesta sexta-feira, 28 de janeiro
Expectativa com a alta da Selic também influenciou a bolsa - Imagem: Reprodução

Vale lembrar que, na última semana, a perspectiva de alta nos juros nos Estados Unidos também pesou sobre os mercados. Com juros mais altos, investimentos de renda fixa, principalmente em países desenvolvidos, tendem a ganhar mais destaque entre os investidores, o que prejudica o desempenho de ativos de risco, como o mercado de ações, especialmente nos emergentes.

Mercado externo: balanços corporativos

No cenário internacional, as bolsas também fecharam no campo positivo, na expectativa da agenda de resultados corporativos desta semana.

"Nos próximos dias, teremos 25% do S&P 500 (principal índice de ações dos EUA) em valor de mercado reportando seus resultados, incluindo nomes de peso como Amazon, Google e Meta (Facebook). Até aqui, o balanço da temporada de resultados é positivo: 169 empresas presentes no índice já divulgaram seus balanços, 77% superaram as expectativas de lucro, segundo o FactSet".

Lucas Collazo, especialista em investimentos da Rico

Fechamento dos principais índices americanos

  • Dow Jones: alta de 1,17%
  • S&P 500: alta de 1,89%
  • Nasdaq 100: alta de 3,29%

Boletim Focus: piora nas projeções

De acordo com o documento do Banco Central, que traz as estimativas dos economistas do mercado sobre os principais indicadores econômicos, as projeções para o IPCA, índice que mede a inflação do país, saltaram de 5,15% para 5,38%. Esse foi o terceiro ajuste para cima consecutivo, o que sinaliza que a inflação segue se afastando novamente do teto da meta estipulada pela autoridade monetária, de 5,00%.

Seguindo o mesmo caminho do IPCA, o IGP-M, considerado a inflação do aluguel, também deve ser mais acentuado neste ano, segundo o documento do BC. De 6,54% as estimativas avançaram para 6,99%.

Já em relação ao PIB, as expectativas voltaram a ser ajustadas levemente para cima em 2022 – de 0,29% foram alteradas para 0,30%. No entanto, para 2023, houve um arrefecimento nas projeções, de 1,69% para 1,55%

O dia na Bolsa

Maiores altas da Bolsa

EmpresaCódigoVariação
AzulAZUL4+7,99%
Banco PanBPAN4+7,58%
GolGOLL4+7,52%
CVCCVCB3+5,93%
LocawebLWSA3+5,66%
Fonte: B3

Maiores baixas da Bolsa

EmpresaCódigoVariação
ValeVALE3-3,33%
JBSJBSS3-2,69%
CSN MineraçãoCMIN3-2,38%
BRFBRFS3-2,28%
DexcoDXCO3-1,77%
Fonte: B3
Sobre o autor
Bruna Miato
Repórter na Mais Retorno