Logo Mais Retorno
Mercado Financeiro

Bolsa fecha em alta de 0,51%, acompanhando dia positivo no exterior; dólar despenca 2,15% e vai a R$ 4,94

Maior apetite ao risco levou os investidores a buscarem ações brasileiras que estavam bastante descontadas

Data de publicação:17/05/2022 às 18:33 -
Atualizado um mês atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

Pelo quinto dia consecutivo, a Bolsa de Valores brasileira, a B3, fechou o pregão no terreno positivo. Nesta terça-feira, 17, o Ibovespa, principal índice acionário da Bolsa, registrou alta de 0,51%, chegando aos 108.789 pontos. O bom desempenho por aqui reflete, sobretudo, o otimismo que tomou conta dos mercados internacionais hoje, com boas notícias vindas da China, da Europa e dos Estados Unidos.

Com um maior apetite a riscos vindo do exterior, ações brasileiras que estavam descontadas foram os destaques positivos deste pregão, com os investidores aproveitando as boas oportunidades de compra. A alta dos papéis internamente combinada aos dados estrangeiros que surpreenderam positivamente o mercado levaram, também, a uma queda expressiva de 2,15% no dólar, que fechou cotado a R$ 4,94.

bolsa dólar
Mercados globais viveram dia de otimismo | Foto: Reprodução

A alta da Bolsa chegou a ser ainda mais expressiva durante a manhã, com o Ibovespa rompendo a barreira dos 109 mil pontos. No entanto, com a desvalorização das commodities ao longo do dia, as duas empresas com mais peso na composição do índice, Vale e Petrobras, fecharam o dia em baixa de 0,42% e 1,30%, respectivamente, o que fez com que a Bolsa perdesse um pouco de força.

O destaque negativo do pregão foram as ações da operadora de saúde Hapvida, que chegaram a cair mais de 17%, mas fecharam com recuo de 16,84%. A empresa reportou prejuízo de R$ 182 milhões no primeiro trimestre de 2022.

O dia na Bolsa

Maiores altas da Bolsa no dia

EmpresaCódigoVariação
LocawebLWSA3+11,15%
CognaCOGN3+5,86%
EcorodoviasECOR3+5,10%
UltraparUGPA3+4,73%
MinervaBEEF3+4,67%
Fonte: B3

Maiores baixas da Bolsa no dia

EmpresaCódigoVariação
HapvidaHAPV3-16,84%
Magazine LuizaMGLU3-11,46%
IRB BrasilIRBR3-7,89%
AmericanasAMER3-2,70%
PetroRioPRIO3-2,00%
Fonte: B3

Cenário externo: notícias positivas animam os investidores

China, que adotou uma postura de tolerância zero contra a covid-19, passava por um período de rígidas medidas de isolamento social, depois de ver os casos da doença avançarem em seu território. No entanto, após uma melhora nos dados da pandemia, o governo chinês autorizou que supermercados, shoppings e restaurantes retomassem as atividades, observando algumas regras de limite de lotação.

No continente europeu, houve a divulgação, nesta manhã, do Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro do primeiro trimestre de 2022. O resultado, uma alta de 0,3% na comparação trimestral e de 5,1% na comparação anual, veio levemente acima das expectativas do mercado, que esperava uma alta menos expressiva, de 0,2% e 5,1%, respectivamente.

Já nos Estados Unidos, a manhã desta terça-feira foi marcada pela divulgação dos dados de vendas no varejo de abril. No mês passado, o setor varejista americano avançou 0,9%, o quarto avanço consecutivo. De acordo com a equipe de Research do BTG Pactual, os números de abril reforçaram um viés de consumo forte nos primeiros meses do ano.

Fechamento das bolsas americanas

  • Dow Jones: +1,34%
  • S&P 500: +2,02%
  • Nasdaq 100: +2,62%

Fechamento das bolsas europeias

  • Stoxx 600 (Europa): +1,22%
  • DAX (Frankfurt): +1,59%
  • FTSE 100 (Londres): +0,72%
  • CAC 40 (Paris): +1,30%

Fechamento das bolsas asiáticas

  • Xangai Composto (China continental): +0,65%
  • Shenzhen Composto (China continental): +1,23%
  • Kospi (Seul): +0,92%
  • Nikkei (Tóquio): +0,42%
  • Hang Seng (Hong Kong): +3,27%
  • Taiex (Taiwan): +0,98%
Sobre o autor
Bruna Miato
Repórter na Mais Retorno