Logo Mais Retorno
BlackRock
Empresa

BlackRock disponibiliza investimento em bitcoin para investidores institucionais

Na semana anterior, gestora fechou uma parceria com a CoinBase para possibilitar que esses investidores monitorem seus investimentos na criptomoeda juntamente com outros ativos do portfólio

Data de publicação:11/08/2022 às 15:12 -
Atualizado 2 meses atrás
Compartilhe:

A BlackRock, maior gestora de ativos do mundo, está oferecendo seu primeiro produto de investimento focado diretamente em bitcoin, aberto para investidores institucionais.

Segundo reportagem da Bloomberg, o novo fundo busca rastrear o preço da maior criptomoeda do mercado e responde à demanda de grandes clientes institucionais que busca exposição ao ativo, mesmo com sua queda de preço.

BlackRock
Larry Fink, diretor-presidente da BlackRock, a gestora está estudando melhor o mercado de ativos digitais e como eles podem ajudar seus clientes. Foto: Divulgação

“Apesar da queda acentuada no mercado de ativos digitais, ainda estamos vendo um interesse substancial de alguns clientes institucionais sobre como acessar esses ativos de maneira eficiente e econômica, usando nossa tecnologia e produtos”, disse a empresa, em comunicado.

O bitcoin perdeu cerca de metade de seu valor neste ano, enquanto o colapso do Terra e do fundo de hedge Three Arrows Capital levantou questões sobre a resiliência do mercado, e levou a um maior escrutínio regulatório.

Parceria com a CoinBase

O anúncio do novo fundo atrelado ao bitcoin é o segundo grande movimento em ativos digitais feito pela BlackRock nos últimos dias.

Com ativos administrados na ordem de US$ 8,5 trilhões, a gestora informou, na semana anterior, uma parceria estabelecida com a exchange CoinBase para possibilitar que traders institucionais monitorem seus investimentos em bitcoin juntamente com outros ativos do portfólio, como ações, títulos, entre outros.

Para o diretor-presidente da BlackRock, Larry Fink, a confiança no bitcoin é uma mudança de paradigma nos últimos quatro anos, quando ele disse que até então não tinha ouvido falar de nenhum cliente buscando exposição à criptomoeda.

Em março deste ano, Fink disse que a empresa estava estudando a crescente importância dos ativos digitais e stablecoins e como eles podem ser usados ​​para ajudar os clientes.

E no mês seguinte, a empresa se juntou a um grupo de investidores da Circle Internet Financial Ltd., emissora da USD Coin, e disse que buscaria atuar como gestora principal das reservas de caixa da stablecoin.

Leia mais

BlackRock e BTG Pactual lançam fundo de BRD e ETF em parceria (maisretorno.com)
BlackRock encerra junho com US$ 8,5 tri em ativos sob gestão (maisretorno.com)
Ethereum pode desbancar o reinado do bitcoin? (maisretorno.com)
Bitcoin derrete mais de 15% com aperto monetário do Fed no radar (maisretorno.com)

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!

Inscreva-se em nossa newsletter