Logo Mais Retorno
Renda Variável

Bitcoin derrete mais de 15% nas últimas 24 horas

Valor total do mercado de criptos cai abaixo de US$ 1 tri

Data de publicação:13/06/2022 às 16:24 -
Atualizado 24 dias atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

O bitcoin cai 15,36% nas últimas 24h, comercializado a US$ 23.732, segundo dados da CoinMarketCap. A moeda, que em novembro do ano passado encostava em US$ 65 mil, vive seu maior revés e atinge o menor patamar desde dezembro de 2020.

Em um ano, a criptomoeda acumula perdas de 41,01% e o valor total do mercado geral de criptos já cai abaixo de US$ 1 trilhão.

bitcoin
Bitcoin chegou ao patamar de US$ 28 mil neste fim de semana, o que acentuou a possibilidade de quedas mais agressivas da criptomoeda - Foto: Envato

A queda desta segunda-feira, 13, está relacionada ao mesmo fator que está causando forte aversão ao risco nos mercados globais: o aumento das apostas do mercado em um aperto monetário mais agressivo por parte do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) após o Índice de Preços ao Consumidor (CPI, na sigla em inglês) ter vindo acima do esperado.

A projeção de um aumento ainda mais elevado na taxa de juros dos EUA tem impactado o comportamento dos investidores, que estão focados na busca de liquidez para se proteger em um momento de incertezas.

Especialistas alertaram para a possibilidade de forte desvalorização das criptomoedas, caso o bitcoin rompesse o patamar de US$ 28 mil, como aconteceu no último fim de semana. Sem esse suporte, o bitcoin poderia retornar aos US$ 22 mil.

Queda abaixo do halving

O bitcoin está prestes a cair abaixo de seu pico anterior do halving, algo que, segundo especialistas, nunca aconteceu antes.

A cada quatro anos, aproximadamente, a quantidade de criptomoedas que os mineradores recebem para resolver os problemas algorítmicos que lhes permitem registrar transações no blockchain é reduzida pela metade – o que constitui o halving.

Cada pico sucessivo da criptomoeda foi mais alto do que o anterior e, quando um novo era estabelecido, os preços nunca mais voltavam aos mínimos.

Investimentos prejudicados

Segundo a Bloomberg, em reportagem sobre o assunto, uma queda abaixo de US$ 19.511 (de acordo com o câmbio) pode prejudicar os investimentos na criptomoeda no longo prazo.

Sobre o autor
Julia Zillig
Repórter do Portal Mais Retorno.