Logo Mais Retorno
arrecadação
Economia

Arrecadação soma R$ 205,475 bilhões, maior valor da série para meses de outubro

O resultado representa um aumento real de 7,97% na comparação com o mesmo período de 2021

Data de publicação:29/11/2022 às 11:31 -
Atualizado 2 meses atrás
Compartilhe:

A arrecadação de impostos e contribuições federais somou R$ 205,475 bilhões em outubro, conforme divulgação da Receita Federal. O resultado representa um aumento real (descontada a inflação) de 7,97% na comparação com o mesmo mês de 2021.

Em relação a setembro deste ano, houve aumento real de 22,84% no recolhimento de impostos. O valor arrecadado no mês passado foi o maior para meses de outubro desde o início da série histórica, em 1995.

arrecadação
Arrecadação federal somou R$ 1,836 trilhão no acumulado de 2022 | Foto: Reprodução

No acumulado do ano, a arrecadação federal somou R$ 1,836 trilhão, o maior volume para o período desde o início da série histórica, em 1995. O montante representa um avanço real de 9,35% na comparação com os primeiros 10 meses do ano passado.

Desonerações

As desonerações concedidas pelo governo resultaram em uma renúncia fiscal de R$ 114,924 bilhões entre janeiro e outubro, valor maior do que em igual período do ano passado, quando ficou em R$ 77,597 bilhões.

Apenas em outubro, as desonerações totalizaram R$ 11,964 bilhões, também acima do registrado no mesmo mês do ano passado (R$ 5,826 bilhões). / Agência Estado.

Leia mais:

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!

Inscreva-se em nossa newsletter