Logo Mais Retorno
Empresa

Apple registra lucro líquido de US$ 34,63 bilhões no primeiro trimestre fiscal de 2022

Receita líquida da empresa americana somou US$ 123,9 bilhões no período, um crescimento anual de 11%

Data de publicação:28/01/2022 às 10:02 -
Atualizado 4 meses atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

A Apple registrou lucro líquido de US$ 34,63 bilhões em seu primeiro trimestre fiscal de 2022, encerrado em 25 de dezembro de 2021.

O resultado representa um avanço ante igual período do ano anterior, quando o lucro líquido havia ficado em US$ 28,755 bilhões. O lucro líquido por ação foi de US$ 2,10, alta ante os US$ 1,68 do ano anterior, e acima da previsão de US$ 1,90 dos analistas consultados pela FactSet.

Apple registra lucro líquido de US$ 34,63 bilhões no primeiro trimestre fiscal de 2022
Foto: Reprodução

A receita líquida da empresa americana foi de US$ 123,9 bilhões no primeiro trimestre fiscal, um crescimento anual de 11%. Apenas com iPhones, a receita da companhia ficou em US$ 71,63 bilhões.

Clientes, produtos e serviços

"A forte resposta dos clientes ao nosso recente lançamento de novos produtos e serviços impulsionou um crescimento de dois dígitos em receitas e lucros, e ajudou a estabelecer um recorde histórico para nossa base instalada de dispositivos ativos", afirmou Luca Maestri, CFO da Apple.

Os resultados operacionais recordes "permitiram devolver quase US$ 27 bilhões aos nossos acionistas durante o trimestre, pois mantemos nossa meta de atingir uma posição neutra de caixa líquido ao longo do tempo, concluiu.

US$ 3 trilhões de valor de mercado

O valor de mercado de ações da Apple atingiu a marca de US$ 3 trilhões no início deste mês. Mesmo que não tenha conseguido se manter acima do nível até o fim do pregão do dia, a gigante da tecnologia se tornou a primeira empresa a atingir esse marco, quebrando mais um recorde e comprovando que a pandemia turbinou o crescimento da companhia da maçã.

O preço das ações da fabricante do iPhone subiu constantemente por anos e, desde que começou a pandemia de covid-19, os papéis da big tech já dispararam mais de 200%.

O isolamento social sublinhou a centralidade da tecnologia para trabalho, educação, entretenimento e para se manter conectado. / com Agência Estado

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!