Empresa

BuzzFeed faz IPO nessa 2ª feira, mas investidor parece não estar muito interessado nisso

Às vésperas do lançamento, em SPAC, investidores saem em massa do ativo

Data de publicação:06/12/2021 às 13:56 - Atualizado 2 meses atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

A empresa de mídia digital BuzzFeed estreia na bolsa de Nasdaq nesta segunda-feira, 06, por meio de um fundo SPAC (empresa com propósito especial de aquisição, na tradução). No entanto, às vésperas da chegada da companhia ao mercado, os investidores do SPAC realizaram uma retirada em massa dos seus recursos do ativo, reduzindo a capitalização do fundo de US$ 288 milhões para cerca de US$ 16 milhões.

buzzfeed
Dentro da redação do BuzzFeed em Nova York | Foto: Anthony Quintano

Os SPACS, conforme explicam especialistas, funcionam como um "cheque em branco". São empresas de capital aberto que levantam o dinheiro de investidores com o propósito de se fundirem a uma outra empresa, de capital fechado, buscando uma boa rentabilidade no futuro.

A maior parte dos acionistas investe no papel sem saber anteriormente a qual empresa o SPAC vai se unir. Assim, é permitido que os investidores retirem seu dinheiro do ativo caso não queiram investir na empresa escolhida pelo fundo.

No caso do Buzzfeed, a empresa com propósito especial de aquisição foi a 890 Fifth Avenue Partners. O SPAC chegou a levantar US$ 288 milhões de recursos de investidores no início de 2021. Mas, a partir de junho, quando anunciou sua fusão com o Buzzfeed, a companhia passou a viver um "êxodo de investidores", conforme classifica o jornal americano Financial Times, e 94% do dinheiro investido já foi retirado.

O BuzzFeed

Durante a pandemia, o site de notícias curtas em formato de lista encerrou o ano de 2020 com uma receita líquida de US$ 4 milhões, após registrar prejuízo líquido de US$ 29 milhões no ano imediatamente anterior. Já em 2021, o Buzfeed reporta que sua receita será de US$ 520 milhões, enquanto as perspectivas para o ano que vem são ainda mais ambiciosas: receita de US$ 1,1 bilhão.

Em entrevista ao Financial Times, Jonah Peretti, fundador da companhia, afirma que mesmo com a saída dos investidores, a estratégia da empresa com a listagem na bolsa de Nasdaq não muda. Além dos US$ 16 milhões obtidos com o SPAC, o Buzzfeed recebeu, também, US$ 150 milhões de um título conversível.

Sobre o autor
Bruna Miato
Repórter na Mais Retorno
Método Asset-Liability

Método Asset-Liability

O que é Método Asset-Liability? O método Asset-Liability (ALM) é um tipo de gestão de riscos, para determinado investimento, que consiste em um monitoramento coordenado entre...

  CONTINUAR LENDO