Mercado Financeiro

A fila de IPOs despencou devido a adiamentos e ofertas em baixa na segunda janela deste ano na B3. O cenário desanimador já havia sido previsto, depois do recorde de mais de R$ 30 bilhões em IPOs (oferta inicial de ações) e follow-ons (ofertas secundárias) em janeiro e fevereiro.

A fila de IPOs despencou devido a adiamentos e ofertas em baixa na segunda janela deste ano na B3

Até agora, LG Informática e Blau confirmaram o adiamento. O re-IPO da Diagnósticos da América (Dasa) teve menor valor esperado para a oferta. De acordo com o Estadão, houve um deságio de quase 10% em relação ao piso estabelecido pela empresa, mesmo após a família Bueno adquirir R$ 500 milhões para ancorar o preço.

Ao fim, a empresa captou R$ 3,3 bilhões, frustrando a expectativa inicial era de que fosse alcançado algo em torno de R$ 5 bilhões.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja mais Ver mais