Logo Mais Retorno
Fundos de Investimentos

Você compraria o BERU39, um ETF que segue a bolsa russa, nesse momento?

Investidores estão dispostos a pagar 43% acima do seu valor, na B3

Data de publicação:04/03/2022 às 00:30 -
Atualizado 2 meses atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

O que levaria investidores brasileiros a comprar um ETF com exposição a empresas russas em meio à guerra entre Rússia e Ucrânia? Pois saiba que o BERU39, um ETF temático, ganhou destaque em operações na B3, e estão pagando mais caro por ele.

Trazido ao Brasil pela BlackRock, em setembro do ano passado, o BERU39 acompanha o desempenho da bolsa russa, que teve os seus negócios interrompidos logo após o início da guerra. No mesmo dia em que houve a invasão da Ucrânia, a bolsa russa chegou a cair mais de 30%.

BERU39
Foto: AFP

A suspensão das operações foi, então, uma forma de evitar uma desvalorização ainda maior das ações após as sanções econômicas impostas pelos países ocidentais à Rússia. A principal delas foi a de suspender o acesso de financiamentos em bancos internacionais tanto do governo, como de bancos e empresas do país de Vladimir Putin.

Além disso, sete bancos russos fora excluídos do sistema financeiro internacional, o Swift.

Por que o BERU39 está sendo cobiçado?

Diante desse cenário, qual o atrativo do papel? A resposta é simples, assim como a queda foi rápida e acentuada, os investidores têm a expectativa de que o movimento seja o mesmo na recuperação, venha logo e seja expressiva.

O BERU39 é uma réplica do ERUS, um ETF do Morgan Stanley Capital Internacional (MSCI), e ambos seguem os resultados das principais empresas russas, as mesmas que formam o MOEX, o índice da bolsa local.

Segundo o site Blocktrends, considerando a cotação em euros, o ERUS está sendo negociado a R$ 44, e o BERUS39 por R$ 15,7. Só que a equivalência é a de que o BERUS39 corresponde a 1/4 do ERUS. Portanto, o valor do BERUS teria de ser de R$ 11, mas os investidores estão dispostos a pagar 43% a mais pelo ETF negociado na B3 para conferir no que vai dar essa aposta.

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!