Empresa

A rede de academias de ginástica Smartfit solicitou o registro para realizar uma oferta de ações ordinárias. Segundo analistas, a operação tem como foco angariar recursos para sustentar seu crescimento orgânico e novas aquisições.

Ambiente interno de uma das academias da Smartfit - Foto: Smartfit/Divulgação

Essa é a segunda tentativa que a companhia faz para comercializar seus papéis no mercado. Em 2018, a primeira foi suspensa por conta das condições desfavoráveis no mercado. A operação conta com a coordenação do Itaú BBA, Morgan Stanley e Santander.

De acordo com comunicado divulgado pela rede de academias aos acionistas, a quantidade de ações emitidas será definida oportunamente pelo conselho de administração.

O preço por ação levará em conta o bookbuilding, procedimento de coleta de intenções junto a investidores institucionais.

Atualmente, a Smartfit conta com 928 unidades distribuídas entre países latino-americanos, como Brasil, México, Colômbia, Chile, Peru, Argentina, entre outros.

Afetada pela pandemia

Com as medidas de restrição por conta da pandemia, que ocasionou o fechamento de várias unidades por diversos meses, a Smartfit obteve um prejuízo líquido de R$ 144,7 milhões no primeiro trimestre de 2021, revertendo o lucro líquido de R$ 16,9 milhões contabilizado na mesma base comparativa de 2020.

A receita líquida totalizou R$ 371,7 milhões de janeiro a março deste ano, ante R$ 652,7 milhões no mesmo intervalo do ano anterior, queda de 38,1%. Já o Ebtida (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) recuou 89,2% no período, para R$ 21,3 milhões.

De acordo com o balanço trimestral da empresa divulgado aos acionistas, os fechamentos de loja na segunda onda da pandemia enfrentaram uma menor duração.

“As academias de São Paulo e da Cidade do México, por exemplo, ficaram cerca de 50 dias fechadas versus mais de 4 meses na primeira onda. No 1º trimestre deste ano, observamos uma dinâmica de fechamentos e reaberturas de diferentes regiões ao longo do período, atingindo um mínimo de 57% abertas no final de março de 2021, com retomada para 93% das academias da Companhia em operação no final de abril de 2021”, aponta a Smartfit.

Imagem do autor

Repórter do Portal Mais Retorno.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Visualizar Comentários

Empresa
Empresa
Empresa
Empresa
Veja mais Ver mais