Logo Mais Retorno
Bolsa
Economia

Payroll: EUA criam 263 mil empregos em novembro, acima do consenso

A taxa de desemprego ficou estável em 3,7%

Data de publicação:02/12/2022 às 11:11 -
Atualizado 2 meses atrás
Compartilhe:

O relatório de emprego Payroll dos Estados Unidos revelou a criação de 263 mil empregos não agrícolas em novembro, bem acima das expectativas do mercado, que esperava por geração de 200 mil vagas. Segundo o Bureau of Labor Statistics nesta sexta-feira, 02, a taxa de desemprego ficou estável em 3,7%, seguindo as projeções do mercado, que esperavam o mesmo resultado.

De acordo com o relatório da instituição, os ganhos notáveis de emprego ocorreram em lazer e hospitalidade, saúde e governo. O emprego diminuiu no comércio a retalho e nos transportes e armazéns.

payroll
Payroll acima do consenso preocupa mercado | Foto: Reprodução

Em novembro, os ganhos médios por hora de todos os funcionários em folhas de pagamento privadas não agrícolas aumentaram 18 cents de dólar, ou 0,6%, para US$ 32,82.

Nos últimos 12 meses, os ganhos médios por hora aumentaram 5,1%. No penúltimo mês deste ano, os rendimentos médios por hora da produção do setor privado e funcionários não supervisores aumentaram 19 cents de dólar, ou 0,7%, para US$ 28,10.

O resultado mais forte na geração de vagas que o esperado pelo mercado tem repercussão negativa nas bolsas ao redor do mundo.

O economista a Mirae Invest, Julio Hegedus Netto, destacou que o debate do momento é saber qual a conduta do Federal Reserve na na reunião do FOMC de dezembro, já “precificando” uma desaceleração no ritmo de ajuste do Fed Funds, de 0,75 pp para 0,50 pp, mas olhando para o ritmo da economia.

"Há recuo lento da inflação, mas o ritmo da economia, com destaque para o mercado de trabalho, segue preocupando. Isso posto, o payroll hoje será bem importante para que possamos “dosar” qual o rumo do Fed", afirma.

Leia mais:

Sobre o autor
Mari Galvão
Repórter de economia na Mais Retorno

Inscreva-se em nossa newsletter