Mercado Financeiro

A B3 divulgou a terceira prévia do índice Ibovespa. Segundo a Bolsa, houve a entrada das empresas/ativos Alpargatas PN, Banco Inter PN, Banco Pan PN, Méliuz ON, Rede D’Or ON, Dexco ON e Petz ON. Com isso, o Ibovespa passou a contar com 91 ativos de 84 empresas.

A nova carteira irá vigorar no período entre 6 de setembro a 30 de dezembro, com base no fechamento do pregão de 1 de setembro.

Foto: Envato
Com nova prévia, índice Ibovespa passa a contar com 91 ativos e 84 empresas - Foto: Envato

A B3 divulga regularmente três prévias das novas composições dos índices: a 1ª prévia, no primeiro pregão do último mês de vigência da carteira em vigor; a 2ª prévia, no pregão seguinte ao dia 15 do último mês de vigência da carteira em vigor e a 3ª prévia, no penúltimo pregão de vigência da carteira em vigor.

Ativos de maior peso

Os cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do índice foram a Vale ON (14,222%), Itaú Unibanco PN (6,319%), Petrobras PN (5,255%), Bradesco PN (4,611%) e Petrobras ON (4,049%).

Na composição da carteira anterior - válida de 03 de maio a 03 de setembro de 2021 - os ativos com maior representatividade foram a Vale ON (12,439%), Itaú Unibanco PN (6,095%), Petrobras PN (5,009%), B3 ON (4,878%) e Bradesco PN (4,720%).

Metodologia

Reavaliado a cada quatro meses, o índice Ibovespa é resultado de uma carteira teórica de ativos.

É composto pelas ações e units de companhias listadas na Bolsa que atendem aos critérios descritos na sua metodologia, correspondendo a cerca de 80% do número de negócios e do volume financeiro do nosso mercado de capitais.

A análise leva em conta ativos que representam 85% em ordem decrescente de Índice de Negociabilidade (IN), 95% de presença no pregão da Bolsa, 0,1% do volume financeiro no mercado à vista (lote-padrão) e não ser penny stock.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja mais Ver mais