Empresa

O diretor presidente da Tesla, Elon Musk, respondeu a um tweet na véspera que sugeria que a companhia detivesse US$ 1,47 bilhão em bitcoin dizendo que sua empresa não tem "tanto" valor na criptomoeda, "mas algo próximo disso".

Foto: Envato
Musk aponta que a Tesla deve ter cerca de US$ 1,47 bi em bitcoin - Foto: Envato

A postagem foi feita após uma publicação calcular quanto em bitcoin a Tesla deveria possuir com base em atividades da empresa.

A resposta ganhou especial atenção depois de Musk ter afirmado na última semana que possui criptomoedas como Ether, bitcoin e Dogecoin em sua carteira, e que, entre seus "investimentos fora da Tesla e da Space X, o bitcoin lidera com vantagem".

O diretor presidente sugeriu ainda que sua montadora possa voltar a aceitar pagamentos com bitcoin em algum momento.

Lucros

No último dia 27, a Tesla informou, por meio de documento com resultados semestrais apresentado à Comissão de Valores Imobiliários dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês), que realizou lucro de US$ 128 milhões na venda de bitcoins na primeira metade de 2021.

A companhia, entretanto, também afirmou que registrou perdas de cerca de US$ 50 milhões em sua carteira por conta da perda de valor da criptomoeda no período.

No primeiro trimestre de 2021, a montadora investiu US$ 1,50 bilhão em bitcoin e aceitou o ativo digital como forma de pagamento para a venda de alguns de seus produtos, prática suspensa em maio passado.

 A Tesla afirmou acreditar "no potencial de longo prazo de ativos digitais como investimentos e alternativas líquida ao dinheiro".

A empresa também disse que pode "aumentar ou diminuir sua posição em ativos digitais a qualquer momento", conforme necessário, e destacou que a volatilidade característica dos ativos digitais pode ser desfavorável em períodos em que a montadora "quiser ou precisar" liquidá-los. / com Agência Estado

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja mais Ver mais