Logo Mais Retorno
Bolsa
Mercado Financeiro

Mercado ao vivo: acompanhe as movimentações da Bolsa e do dólar nesta terça-feira, 19 de julho

Bolsa opera em alta, em linha com o exterior positivo, e dólar recua

Data de publicação:19/07/2022 às 10:53 -
Atualizado 3 meses atrás
Compartilhe:

A Bolsa de Valores abriu em alta nesta terça-feira, 19, operando em linha com o exterior, que se recupera de um pregão de bastante volatilidade. Às 13h50, o Ibovespa, principal índice acionário do Brasil, avançava 0,97%, aos 97.857 pontos, com alta generalizada entre diversos setores, em um movimento dos investidores em busca de oportunidades que ficaram descontadas após uma sequência de pregões negativos.

Em contrapartida, com mais dinheiro entrando nas ações brasileiras neste pregão, a moeda nacional mostra força contra o dólar, que caía 1,00%, cotado a R$ 5,3u, no mesmo período.

bolsa
Bolsa opera em alta, em linha com o exterior | Foto: Envato

O dia na Bolsa

Maiores altas da Bolsa

EmpresaCódigoVariação
MarfrigMRFG3+8,15%
EmbraerEMBR3+5,49%
TotvsTOTS3+4,66%
BRFBRFS3+4,16%
GolGOLL4+4,15%
Fonte: B3 | Dados atualizados às 13h50

Maiores baixas da Bolsa

EmpresaCódigoVariação
YduqsYDUQ3-6,80%
CognaCOGN3-3,73%
Magazine LuizaMGLU3-3,25%
FleuryFLRY3-2,36%
Hapvida HAPV3-1,93%
Fonte: B3 | Dados atualizados às 13h50

Mercados internacionais

Nos Estados Unidos, os mercado operam em alta, mostrando recuperação após o pregão da véspera. Ontem, as bolsas de Nova York ficaram no vermelho, perdendo fôlego na reta final, em meio a novos temores de que a maior economia do mundo esteja desacelerando, o que tende a afetar os resultados de suas empresas.

Alex Carvalho, analista CNPI da CM Capital, destaca que no segundo trimestre, apesar de apresentar números robustos, os grandes bancos americanos (Goldman Sachs, Banl of America, JP Morgan e Morgan Stanley) lucraram menos do que no mesmo período do ano passado, cerca de 34%.

No continente europeu, mais cedo foi divulgado o índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da zona do euro. Embora a inflação na região continue elevada, com alta de 8,6% acumulada em 12 meses, o avanço registrado em junho, de 0,8%, veio em linha com as expectativas do mercado, o que trouxe fôlego para as bolsas europeias nas primeiras horas do pregão.

Na Ásia, as bolsas fecharam sem direção única. Parte delas reflete o dia negativo que os mercados americanos viveram na véspera, com os balanços corporativos decepcionando os investidores. Em contrapartida, na China e o Japão, os principais índices acionários subiram, ainda repercutindo a notícia de que o governo chinês fornecerá apoio ao setor imobiliário do país, que enfrenta uma crise de pagamento de hipotecas

Desempenho das bolsas americanas

  • Dow Jones: alta de 1,92%
  • S&P 500: alta de 2,19%
  • Nasdaq 100: alta de 2,47%

Dados atualizados às 13h50

Fechamento das bolsas europeias

  • Stoxx 600 (Europa): alta de 1,43%
  • FTSE 100 (Inglaterra): alta de 1,01%
  • DAX (Alemanha): alta de 2,69%
  • CAC 40 (França): alta de 1,79%

Fechamento das bolsas asiáticas

  • Xangai Composto (China): alta de 0,04%
  • Shenzhen Composto (China): alta de 0,13%
  • Hang Seng (Hong Kong): baixa de 0,89%
  • Nikkei (Japão): alta de 0,65%
  • Kospi (Coréia do Sul) baixa de 0,18%
  • Taiex (Taiwan): baixa de 0,17%

Com Agência Estado

Leia mais

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!

Inscreva-se em nossa newsletter