Logo Mais Retorno
IPCA-15
post

IPCA-15 avança 0,53% em novembro, mostra IBGE

Maior impacto no índice veio do grupo de Alimentação e bebidas, com avanço de 0,54%

Data de publicação:24/11/2022 às 09:30 -
Atualizado 9 dias atrás
Compartilhe:

O IPCA-15, prévia oficial da inflação, teve alta de 0,53% em novembro, após o avanço de 0,16% que foi visto no mês de outubro. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15, divulgado nesta quinta-feira, 24, pelo IBGE, mostra que os maiores impactos vieram do grupo de Alimentação e bebidas, com avanço de 0,54%. Em seguida, vem Saúde e cuidados pessoais, com alto de 0,91%.

O grupo de transportes também foi destaque em meio às altas, com avanço de 0,49%. No mês anterior, o resultado havia sido de queda de 0,64%. Segundo o IBGE, quase todos os grupos de produtos e serviços pesquisados tiveram alta em novembro. Apenas a classe de Comunicação não avançou e ficou estável no período.

IPCA-15
IPCA-15 avança 0,53% em novembro, frente avanço de 0,16% em outubro | Foto: Reprodução

No ano, o IPCA-15 registra avanço de 5,35% no ano. Já no acumulado de 12 meses, a alta é de 6,17%, abaixo dos 6,85% dos 12 meses imediatamente anteriores. Em novembro de 2021, a taxa foi de 1,17%.

O grupo Alimentação e bebidas acelerou de 0,21% em outubro para 0,54% em novembro, influenciado pelos alimentos para consumo no domicílio, que apresentaram uma alta de 0,60%. De acordo com as informações do IBGE, a alta foi mais expressiva nos preços do tomate, cebola e da batata-inglesa.

No grupo de Transportes, os combustíveis voltaram a ter variação positiva, de 2,04%, após cinco meses consecutivos de quedas. Em outubro, os preços da gasolina recuaram 5,92%, enquanto em novembro o produto subiu 1,67%, contribuindo com o maior impacto individual dentro do IPCA-15 no mês. Além disso, os preços do etanol avançaram 6,16%.

Leia mais:

Sobre o autor
Mari Galvão
Repórter de economia na Mais Retorno

Inscreva-se em nossa newsletter

,