Fundos Imobiliários

A startup imobiliária Loft concluiu a captação de R$ 300 milhões em cotas seniores para o seu segundo fundo de investimento imobiliário (FII), o Loft II FII.

Fundadores da Loft: Mate Pencz e Florian Hagenbuch (camiseta preta)
Fundadores da Loft: Mate Pencz (esq.) e Florian Hagenbuch - Foto: Divulgação/Loft

O produto, gerido pela Modal, foi ancaroda pela Canada Pension Plan Investment Board (CPP Investments), fundo de pensão canadense que administra hoje um portifólio de US$ 350 bilhões.

A estratégia do fundo é levantar R$ 700 milhões nos próximos 2 anos. O montante será utilizado para aquisição, reforma e revenda de apartamentos nas cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Esta é a quarta investida da Loft no mercado de capitais. Em 2019, a companhia fez duas ofertas no fundo Loft I FII, primeiro veículo da companhia com cotas listadas na B3.

Nesse fundo, que se encontra em fase de desinvestimento, foram captados mais de R$ 300 milhões, utilizados para a aquisição dos apartamentos nos primeiros bairros de atuação da Loft.

O prazo de investimentos do Loft I FII se encerrou em fevereiro de 2021, e o capital da primeira emissão do fundo, incluindo a rentabilidade preferencial dessas cotas, já foi integralmente retornado aos investidores.

Imagem do autor

Editor-chefe do Portal Mais Retorno.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Visualizar Comentários

Veja mais Ver mais