Logo Mais Retorno
Economia

Taxa de desemprego fica em 9,8% no trimestre até maio, afirma IBGE

O resultado veio abaixo da estimativa do mercado de 10,2%

Data de publicação:30/06/2022 às 12:35 -
Atualizado um mês atrás
Compartilhe:

A taxa de desemprego no Brasil ficou em 9,8% no trimestre encerrado em maio, de acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados na manhã desta quinta-feira, 30, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado ficou menor do que a mediana de 10,2% das estimativas projetadas pelos analistas e do que o piso (9,9%). O teto era de 10,6%.

taxa de desemprego
Taxa de desemprego do trimestre encerrado em maio veio abaixo do esperado pelo mercado, segundo IBGE - Foto: Agência Brasil

Em igual período de 2021, a taxa de desemprego medida pela Pnad Contínua estava em 14,7%. No trimestre encerrado em abril de 2022, a taxa de desocupação estava em 10,5%.

A renda média real do trabalhador foi de R$ 2.613 no trimestre encerrado em maio. O resultado representa queda de 7,2% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Já a população desocupada diminuiu em 1,385 milhão de pessoas em um trimestre, totalizando 10,631 milhões de desempregados no trimestre até maio. Em um ano, 4,594 milhões deixaram o desemprego.

Já a massa de renda real habitual paga aos ocupados somou R$ 249,849 bilhões no trimestre até maio, alta de 3,0% ante igual período do ano anterior, de acordo com o IBGE.

Novas vagas

O País registrou uma abertura de 2,282 milhões de vagas no mercado de trabalho em apenas um trimestre, segundo dados da Pnad.

A população ocupada alcançou um recorde de 97,516 milhões de pessoas no trimestre encerrado em maio de 2022. Em um ano, mais 9,365 milhões de pessoas encontraram uma ocupação.

O nível da ocupação - porcentual de pessoas ocupadas na população em idade de trabalhar - passou de 55,2% no trimestre encerrado em fevereiro para 56,4% no trimestre até maio. No trimestre terminado em maio de 2021, o nível da ocupação era de 51,4%. / com Agência Estado

Leia mais

Bolsa cai abaixo dos 100 mil pontos, com aversão a risco; dólar sobe (maisretorno.com)
Inflação em alta afeta as ações, mas de forma distinta em cada setor (maisretorno.com)
[VÍDEO]: Ibovespa X Inflação: vale a pena investir em ações? (maisretorno.com)
RTI: Projeção para a inflação em 2023 está em 4,0% (maisretorno.com)

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!