Logo Mais Retorno
Mercado Financeiro

Bolsa fecha em alta de 0,72% com decisão já esperada do Fed e no aguardo do Copom; dólar cai 2,11%

Mercados seguiram em alta mesmo após o Fomc sinalizar o novo aumento na taxa básica de juros dos EUA

Data de publicação:15/06/2022 às 17:54 -
Atualizado 18 dias atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

Em uma Super Quarta – que tradicionalmente traz as decisões de política monetária do BC americano e BC brasileiro - a Bolsa quebrou a sucessão de oito baixas e concluiu o pregão desta quarta-feira, 15, em alta de 0,72%, aos 102.806 pontos, seguindo o mercado internacional. Já o dólar despencou 2,11%, aos R$ 5,026.

Durante à tarde, o Fomc (Copom americano), comitê do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), anunciou a decisão de elevar a taxa de básica de juros dos EUA em 0,75 ponto porcentual e sinalizou, em comunicado, que considera novos ajustes no mesmo patamar.

Bolsa
Fed anuncia elevação de 0,75 ponto porcentual na taxa básica de juros dos EUA e sinaliza que deve fazer novos ajustes nas próximas reuniões - Foto: Envato

No Brasil, os investidores aguardam o comunicado do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco do Brasil que logo mais deve trazer a nova Selic, cuja aposta majoritária é de alta de 0,50%.

“Apesar de diversos indicadores relevantes brasil ao longo desses últimos 45 dias, ainda vemos espaço para o BC sinalizar que o fim do ciclo de aumento dos juros está próximo, uma vez que parte relevante do impacto dessa política monetária mais restritiva ainda será observado no controle da inflação e na economia local”.

Fernando Marinho, gestor de crédito da Valora Investimentos

Decisão do Fed não deprimiu os mercados

A notícia sobre a decisão de política monetária americana, em linha com as expectativas do mercado, não causou tensão entre os investidores, apesar de o tom do documento ter sido mais duro, com a autoridade monetária enfatizando que está totalmente comprometida em trazer a inflação de volta à meta de 2%.

As bolsas americanas fecharam em forte alta, assim como as principais praças financeiras da zona do euro. Por lá, o Banco Central Europeu (BCE) fez uma reunião de emergência e decidiu adotar uma postura de flexibilidade nos resgates a vencer do Programa de Compras de Emergência de Pandemia (PEPP, na sigla em inglês, com o objetivo de preservar o “funcionamento do mecanismo de transmissão monetária”.

Bolsas americanas/fechamento

  • S&P 500: +1,40% (379,09 pontos)
  • Dow Jones: +1,00% (30.668 pontos)
  • Nasdaq 100: +2,49% (11.593 pontos)

Bolsas europeias/fechamento

  • Stoxx 600 (Europa): +1,42% (413,10 pontos)
  • DAX (Frankfurt): +1,36% (13.485 pontos)
  • FTSE 100 (Londres): +1,20% (7.273 pontos)
  • CAC 40 (Paris): +1,35% (6.030 pontos)

O dia na Bolsa

Maiores altas

EmpresaTickerVariação
QualicorpQUAL3+14,64%
CVCCVCB3+13,19%
Banco InterBIDI11+9,33%
Natura & Co.NTCO3+8,08%
GolGOLL4+6,49%

Maiores baixas

EmpresaTickerVariação
PetrobrasPETR4-1,76%
CSN MineraçãoCMIN3-1.46%
BraskemBRKM5-2,27%
PetrobrasPETR3-1,21%
Rede D'OrRDOR3-0,78%
Fonte: B3

Brasil: aprovação da redução do ICMS para combustíveis

Outro assunto que esteve na pauta interna dos investidores foi a aprovação do texto-base do projeto de lei que fixa o teto de 17% para o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre energia elétrica, combustíveis, telecomunicações e transporte coletivo.

Com a aprovação do texto-base, os deputados mantiveram algumas medidas incluídas pelos senadores, como a garantia do repasse de recursos ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), mas rejeitaram outras, como um cálculo mais benéfico aos Estados do gatilho para a compensação por perda de receitas com o tributo estadual. / com Agência Estado

Leia mais

Fed eleva taxa de juros em 0,75 e sinaliza novos aumentos (maisretorno.com)
Bolsa opera em alta e dólar recua em dia de de Copom e decisão nos EUA (maisretorno.com)
Copom deve elevar a Selic em 0,50 p.p, a 13,25% ao ano, diz mercado (maisretorno.com)
Renda fixa: saiba quais títulos vão cair ou subir com a decisão do Copom (maisretorno.com)
Internacional: além do Fed, o que você precisa saber nesta quarta-feira (maisretorno.com)

Sobre o autor
Julia Zillig
Repórter do Portal Mais Retorno.