Logo Mais Retorno
Bolsa
Mercado Financeiro

Bolsa fecha em alta de 0,43%, aos 113 mil pontos, embalada pelas ações domésticas e de commodities

Apesar da queda do preço do petróleo e do minério de ferro, os papeis da Petrobras e Vale encerraram o dia em alta

Data de publicação:16/08/2022 às 18:00 -
Atualizado 4 meses atrás
Compartilhe:

A Bolsa fechou em alta pelo terceiro dia consecutivo nesta terça-feira, 16. O Ibovespa concluiu a sessão em alta de 0,43%, aos 113 mil pontos, e o dólar subiu 0,96%, cotado a R$ 5,14.

Em dia de agenda econômica local esvaziada e com as commodities em queda - em um movimento de correção de preços - as ações domésticas permaneceram dando ritmo ao principal índice da B3.

Bolsa
Foto: Reprodução

De acordo com Gabriel Félix, especialista em renda variável da Blue 3, "isso reflete uma postura com a expectativa de menores altas nas taxas de juros. Afinal, se o mundo cresce menos, a inflação tende a ser mais baixa e as ações que até então foram pressionadas por esse cenário pode ser beneficiadas por esse alívio".

Nos papeis, os destaques ficaram por conta das petroleiras e siderúrgicas que, mesmo com o petróleo e o minério de ferro com desvalorização, fecharam o dia em alta. Petrobras e Vale concluíram o pregão com valorização de 0,91% (PETR4) e 2,42%(VALE3), respectivamente.

Os bancos também tiveram um desempenho positivo, ajudando na alta do Ibovespa. Itaú, Bradesco e Santander fecharam a quarta-feira com avanço de 1,00%, 1,34% e 0,74%, na sequência.

Maiores altas

EmpresaTickerVariação
BRFBRFS3+6,71%
PositivoPOSI3+5,13%
MarfrigMRFG3+4,64%
JBSJBSS3+4,56%
Irb BrasilIRBR3+3,37%

Maiores baixas

EmpresaTickerVariação
YduqsYDUQ3-11,76%%
MéliuzCASH3-10,46%
SomaSOMA3-4,08%
PetroRioPRIO3-3,91%
Rede D'OrRDOR3-3,46%
Fonte: B3

Mercado internacional

Bolsas americanas fecham mistas

Em Wall Street, as bolsas americanas fecharam sem direção única nesta terça-feira. Durante o dia, os investidores repercutiram dados da economia americana, como a produção industrial divulgada durante a manhã, que cresceu 0,6% em julho na comparação com o mês anterior, superando as expectativas do mercado de alta de 0,3%.

Além do ponto de um possível alívio inflacionário no mundo, o governo chinês anunciou mais alguns estímulos para tentar reaquecer a economia, como a sinalização de que dará garantias de créditos às incorporadoras e construtoras.

Bolsas americanas/fechamento

  • S&P 500: +0,18% (429,65 pontos)
  • Dow Jones Industrial Average: +0,71% (34.152 pontos)
  • Nasdaq 100: -0,23% (13.635 pontos)

Mercado europeu fecha com alta moderada

No velho continente, as bolsas europeias encerraram a sessão desta quarta-feira em alta moderada, embaladas pelo dia positivo para as mineradoras. O movimento se deu apesar de dados econômicos aquém do esperado na zona do euro e Alemanha.

Em Frankfurt, o índice DAX avançou, mesmo após o índice ZEW de expectativas econômicas ter registrado queda mais profunda que as projeções neste mês, a -55,3 pontos.

Diante do dado, a Oxford Economics prevê que a economia alemã deve desacelerar ainda mais no terceiro trimestre, com quadro similar na zona do euro.

A região de moeda comum ampliou o déficit comercial em junho, a 30,8 bilhões de euros, informou nesta terça-feira a Eurostat, agência de estatísticas da União Europeia. /com Agência Estado

Bolsas europeias/fechamento

  • Stoxx 600 (pan-europeu): +0,16% (443,08 pontos)
  • DAX (Frankfurt): +0,68% (13.910 pontos)
  • FTSE 100 (Londres): +0,36% (7.536 pontos)
  • CAC 40 (Paris): +0,34% (6.592 pontos)

Leia mais

Ações X Eleições: estatais podem ser afetadas pela volatilidade eleitoral (maisretorno.com)
Fundos multimercado: quanto pagam os maiores e quais os mais rentáveis (maisretorno.com)
Gustavo Cerbasi anuncia parceria voltada para o planejamento financeiro (maisretorno.com)
Juros do Brasil estão entre os três mais elevados do mundo (maisretorno.com)

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!

Inscreva-se em nossa newsletter

,