Open Nav Logo Mais Retorno

Viés de Conservadorismo

O que é o Viés de Conservadorismo?

Viés de Conservadorismo (ou ainda Conservative bias, de acordo com o termo original em Inglês) é o nome dado a um tipo específico de viés cognitivo

Por definição, o Viés de Conservadorismo se caracteriza por narrar a tendência mental que todos nós possuímos, como seres humanos, de ignorar as críticas a ideias nas quais já acreditamos, de modo a defendê-las. Em outras palavras, é uma das ferramentas que detemos para proteger "com unhas e dentes" as nossas crenças.

Como o próprio nome indica, o Viés de Conservadorismo está cimentado no princípio de conservar, manter algo anteriormente estabelecido. E muito embora estejamos acostumados a entender o conservadorismo como corrente política, esse viés está presente em todas as áreas da nossa vida. 

Afinal de contas, o pensamento enviesado mora em você e você age sobre todas elas - não existe um João no trabalho, no casamento e na faculdade; existe apenas um João indo ao trabalho, agindo no próprio casamento e estudando na faculdade. Isso não quer dizer que uma pessoa sob o efeito do Viés de Conservadorismo aja segundo ele em tudo: ela pode muito bem ser mais vulnerável a ele quando se trata de dinheiro, por exemplo, do que nos projetos da sua empresa.

Como o Viés de Conservadorismo funciona? Como o Viés de Conservadorismo se relaciona com outros vieses cognitivos?

Para entender o Viés de Conservadorismo, é essencial citar alguns outros vieses cognitivos que explicam (e reforçam) melhor o seu funcionamento.

O primeiro deles é, sem sombra de dúvidas, o Viés de Confirmação. Ele é definido como a nossa tendência a "buscar, interpretar e se recordar de informações que confirmem as opiniões e visão de mundo de uma pessoa, em detrimento de outras que a questionem ou a refutem". 

O viés de confirmação é como um filtro: em conjunto com a percepção seletiva e o viés atencional, leva a nossa memória e a nossa atenção a focar mais naquilo que já acreditamos. É por isso que você tem mais facilidade em pensar em argumentos para defender as suas opiniões do que para defender uma opinião contrária, por exemplo.

O seguinte é o chamado Efeito Bumerangue, segundo o qual quando as nossas crenças de mundo são confrontadas, usando a outra pessoa de vários dados e evidências científicas, acabamos por reforçar ainda mais essas crenças. É como se tudo o que o outro diz distorcêssemos para nos blindar de mudar de ideia.

Atualmente entende-se o Viés de Conservadorismo como mais um produto do viés de confirmação, enquanto o Efeito Bumerangue é uma das ferramentas utilizadas por ele para reforçar a 'mente fechada".

Como o Viés de Conservadorismo interfere na sua vida financeira?

Denominar um investidor como conservador não é nenhuma novidade no mercado financeiro E não, não estamos dizendo que esse sujeito está necessariamente sob o efeito do Viés de Conservadorismo. 

Quando se trata de dinheiro, é mais fácil reconhecê-lo naqueles que se apegam a um investimento apenas porque a sua família sempre investiu assim (como é a relação de muitos brasileiros com a poupança) ou na compra de um bem porque é a ordem natural da vida (como aqueles que se endividam todo para comprar uma casa, sem colocar na ponta do lápis se um aluguel não seria mais vantajoso).

Assim, entende-se que o Viés de Conservadorismo está menos ligado à sensibilidade aos riscos, sendo o seu principal foco a manutenção do status quo que cria tanto conforto emocional.

É como, pelo medo de atravessar uma ponte, não só deixar de atravessá-la (aversão aos riscos) como colocá-la abaixo tacando-lhe fogo.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados