Última modificação em 4 de fevereiro de 2021

O que é o Modelo DuPont?

O Modelo DuPont, também conhecido como sistema DuPont, é uma estrutura para análise fundamentalista da performance de uma empresa. É principalmente aplicado para analisar a rentabilidade e identificar pontos fortes e fracos do desempenho de uma organização, utilizando as métricas de Retorno sobre ativos (ROA) e Retorno sobre Patrimônio Líquido (ROE).

Este modelo é útil para os investidores, uma vez que o Modelo DuPont oferece critérios técnicos e objetivos para comparar duas empresas similares no que tange à sua eficiência operacional, e para os gerentes das empresas, haja vista que esse tipo de análise destaca as forças e as fraquezas de uma corporação.

Qual a finalidade do Modelo Dupont?

A principal finalidade do Modelo DuPont é avaliar o Retorno sobre Patrimônio Líquido (ROE) de uma empresa sob uma ótica de vários componentes, permitindo que os acionistas  avaliem determinada empresa sob dimensões variadas. 

Além do mais, utilizando-se do Modelo DuPont fica mais fácil identificar setores problemáticos de uma empresa, uma vez que você pode simplesmente comparar os dados obtidos com marcas do mesmo setor e de porte financeiro similar. Isso porque o Modelo DuPont analisa o empreendimento de forma extremamente esmiuçada, como você verá adiante.

O Modelo DuPont utiliza determinados elementos para efetuar a análise. São eles: Margem de Lucro Líquido, Giro do Ativo e Alavancagem Financeira. Mas o que são eles?

Margem de Lucro Líquido

A Margem de Lucro Líquido pode ser entendida como a porcentagem de lucro líquido que uma empresa possui em relação a sua receita total ou ao número total de vendas de uma empresa, sendo considerada a medida mais básica de rentabilidade. 

Uma boa margem de lucro líquido garante alta rentabilidade sem a necessidade de venda de grandes volumes de determinado produto.

Giro do Ativo

Este indicador contábil relaciona os ativos de uma companhia com a sua receita líquida, isto é, através do Giro do Ativo é possível analisar se uma empresa está efetivamente utilizando seus ativos, como bens, estoque, investimentos, para a produção de lucro — seja por meio de vendas como pela prestação de serviços. 

O Giro do Ativo costuma variar bastante entre uma empresa e outra, sendo, portanto, mais útil quando comparamos empresas de porte financeiro e setores semelhantes.

Alavancagem Financeira

Também conhecida como “Multiplicador de Patrimônio”, a alavancagem financeira, no Modelo DuPont, é uma análise indireta de como uma empresa usa seu débito para financiar seus ativos. 

Em linhas gerais, alavancagem financeira é uma forma de uma empresa se endividar para poder financiar seus ativos, mas de forma inteligente, ou seja, um método para financiar novos investimentos mesmo sem ter os  recursos para tanto.

Como se calcula o Modelo Dupont?

Tendo conhecimento sobre os componentes que integram o Modelo DuPont fica mais fácil de entender a sua fórmula, que funciona de maneira idêntica à fórmula da ROE:

ROE = ML GA AF

Onde:

Entretanto, como o Modelo DuPont tem a função de determinar vários espectros da saúde financeira de uma empresa, em sua fórmula destrinchamos melhor os componentes. Isso aumenta a acurácia dos resultados e possibilita ao analista saber quais fatores são mais determinantes para as mudanças no retorno sobre o patrimônio líquido. Observe:

Modelo DuPont = Lucro Líquido / Vendas x  Vendas / Ativo Total x Ativo Total / Capital Próprio

Dessa forma, com o cálculo do Modelo DuPont é possível avaliar a empresa em sua totalidade de recursos financeiros sob óticas variadas. Obtém-se, assim, resultados técnicos e precisos, o que mostra os pontos fortes e fracos de uma empresa. 

Termo do dia

Aposentadoria Integral

O que é Aposentadoria Integral? Aposentadoria Integral é o benefício recebido sem descontos. Um erro comum é acreditar que a aposentadoria integral corresponde a 100% do…