Última modificação em 5 de abril de 2021

O que é Investment Grade?

Um Investment Grade (ou grau de investimento, em Português) é uma classificação que demonstra que um título, seja ele corporativo ou municipal, apresenta um risco de inadimplência relativamente baixo. Algumas empresas de classificação de títulos utilizam designações diferentes para esse mesmo termo.

Essas denominações consistem nas letras minúsculas A e B para indicar a classificação de qualidade do crédito de um título. Sendo assim, um AA e um AAA podem ser qualificados como graus de investimento porque a qualidade do crédito é alta. O mesmo acontece com os A e BBB, que contam com uma qualidade apenas média.

As classificações de crédito para títulos que se encontram abaixo dessas designações são diferentes. Os B, BB e CCC, por exemplo, são considerados como de baixa qualidade e, por esse motivo, são geralmente chamados de junk bonds.

Como o Investment Grade funciona?

O funcionamento de um Invesment Grade é extremamente importante porque é esse tipo de classificação que transmite o risco associado à compra de um determinado título. Uma classificação de grau de investimento indica, então, um baixo risco de inadimplência e o torna imediatamente um veículo de investimento atraente — principalmente para aqueles investidores que são mais conservadores.

Qualquer compra ou venda de títulos tem uma classificação de crédito associada e essa classificação muda com o tempo conforme a carga de dívida e a força da empresa também mudam. Se uma instituição contrair mais dívidas do que pode administrar, por exemplo, ou se a sua perspectiva de lucros enfraquecer, a classificação será reduzida. Se o endividamento for reduzido ou encontrarem uma solução de aumentar os ganhos potenciais, esse rating tem grandes chances de aumentar.

Um ponto interessante que chama a atenção em relação aos Investment Grades é que os títulos do governo não estão sujeitos a classificações de crédito. Isso acontece mesmo que esses títulos sejam considerados da mais alta qualidade.

Quais títulos podem ser considerados como Investment Grade?

Em finanças, qualquer título público e privado que seja de renda fixa, como as notas e títulos, são considerados como Investment Grade se tiverem um risco de inadimplência baixo. Isso acontece porque o grau de investimento é determinado com base em uma escala relativa feita por agências de classificação de crédito, como a Moody’s e Standard & Poor’s nos Estados Unidos.

Essas classificações de crédito podem expressar tanto a disposição quanto a capacidade de uma organização tomadora de empréstimos em conseguir pagar sua dívida. Sendo assim, são baseadas em muitos indicadores econômicos e financeiros que podem influenciar a qualidade de crédito do tomador.

Os títulos com classificação BBB — ou superior — da Standard and Poor’s podem ser considerados como Investment Grade. O mesmo acontece com os Baa3 ou superiores da Moody’s.

Por que as perdas de classificação de um Investment Grade acontecem?

É até bastante comum que um título perca sua classificação de grau de investimento. Não existe apenas um motivo para que isso aconteça, mas quando ocorre pode ser por conta de mudanças no ambiente geral de negócios como problemas financeiros da empresa, do setor ou até recessão.

Caso essa última hipótese aconteça, é provável que muitas empresas passem a lutar para gerar fluxo de caixa que seja suficiente para cobrir seus pagamentos principais e juros. Já as agências de crédito podem, por exemplo, reduzir a classificação dos negócios em todos os setores.

Outro caso que pode justificar o rebaixamento da classificação de um Investment Grade para grau especulativo é o surgimento de um rival forte dentro de uma indústria ou uma mudança drástica na tecnologia utilizada. Problemas da empresa, como mudanças regulatórias, com a cobrança de contas a receber ou alavancagem excessiva também podem contribuir para que isso aconteça.

Termo do dia

Fundo Long & Short

O que são fundos Long & Short? Fundos Long and Short são fundos de investimento multimercado que executam operações com a compra e venda de dois…