Última modificação em 30 de abril de 2021

O que é um Fundo de Renda Fixa Crédito?

Um fundo de renda fixa, como o nome já diz, é uma categoria de fundo de investimentos que trabalha com títulos da modalidade. No entanto, ao contrário do que muitos investidores pensam, há uma boa variedade de estratégias disponíveis. É o caso do Fundo de Renda Fixa Crédito.

Por regra, um fundo de renda fixa deve ter ao menos 80% do seu patrimônio em títulos de renda fixa. Ou seja, esses fundos possuem uma clara restrição sobre os ativos que podem investir.

Ainda assim, existem três grupos bem distintos de ativos que pertencem à renda fixa. De um modo geral, eles estão divididos em três grandes categorias:

Como funciona o Fundo de Renda Fixa Crédito?

Quando falamos do Fundo de Renda Fixa Crédito, estamos nos referindo aos fundos de investimentos que trabalham a maior parte do seu patrimônio com esse último grupo. Portanto, o capital dos cotistas é utilizado em ativos do mercado de crédito privado.

Em resumo, as empresas podem precisar de novos investimentos para suas atividades como pagamento de dívidas ou então investir em uma nova filial. Assim, elas podem emitir debêntures para os investidores.

O Fundo de Renda Fixa Crédito atua como comprador desses títulos de dívida do mercado privado. A sua carteira, em resumo, é composta majoritariamente por esse tipo de ativo. O ganho de capital ocorre via pagamento dos juros na data de vencimento ou então pela negociação dos papéis aproveitando alguma oscilação do mercado financeiro.

Quais são as vantagens do Fundo Renda Fixa Crédito?

A principal vantagem do Fundo Renda Fixa de Crédito é a sua rentabilidade. O que acontece é que os títulos de crédito privado possuem maior risco do que os títulos bancários ou do governo. Dessa forma, o mercado sempre exigirá uma rentabilidade adicional para investir nas debêntures das companhias.

Portanto, podemos dizer que essa é uma oportunidade interessante para investidores que desejam ter exposição à renda fixa, com maior previsibilidade dos potencias ganhos, mas também desejam incrementar os resultados obtidos com o investimento.

Além disso, boa parte das debêntures possuem a rentabilidade associada aos índices inflacionários (como IPCA ou IMA-B). Ou seja, trata-se de um formato de investimento que tende a oferecer juros reais positivos (lucro acima da inflação).

Por fim, como os fundos de investimentos possuem um bom patrimônio sob gestão, esse produto permite que você esteja diversificado em diversas empresas, reduzindo assim o risco de estar exposto a apenas um papel.

Quais são as desvantagens do Fundo de Renda Fixa Crédito?

Por outro lado, não podemos nos esquecer que toda vantagem oferecida pela melhor rentabilidade está diretamente associada a um cenário de maior risco de crédito. Em outras palavras, isso significa que o fundo pode apresentar resultado negativo no curto prazo. Portanto, não é um produto para o investidor mais conservador, que tem pavor só de pensar em perder dinheiro.

Além disso, em função do seu risco, eles também costumam oferecer menor liquidez. Os resgates são bem mais longos do que fundos de baixo risco. E o investidor deve estar ciente disso, investindo no Fundo de Renda Fixa de Crédito para o longo prazo.

Termo do dia

Política Contracionista

O que é uma Política Contracionista? Política contracionista é o nome dado a um tipo específico de política econômica, que tem como objetivo frear o mercado…