Logo Mais Retorno
termos

CDB

Autor:Equipe Mais Retorno
Data de publicação:15/07/2019 às 20:52 -
Atualizado 2 anos atrás
Compartilhe:

O que é CDB?

CDB (sigla para Certificados de Depósito Bancário), são títulos de renda fixa emitido pelos bancos para financiar as suas atividades e investimentos.

O investimento em CDB funciona como um tipo de empréstimo que o investidor faz ao banco, o qual, depois de determinado período, remunera o valor aplicado em proporção previamente estabelecida ou segundo variação de algum indicador.

Quais são os tipos de CDB?

Os títulos de CDB podem ser prefixados, pós-fixados ou híbridos. Cada uma dessas categorias apresenta diferentes formatos de captação e remuneração do investimento.

Os pós-fixados são os mais comuns. Nesse caso, a taxa de rentabilidade é fixada por um índice econômico, como a taxa SELIC ou o CDI. A remuneração final, portanto, corresponde à variação do indexador associado ao título e à taxa de rentabilidade definida previamente.

Os títulos prefixados têm taxa de remuneração fixa e período de vencimento pré-determinado. Desse modo, ao adquirir os títulos, você já sabe qual será o rendimento do investimento e quando será realizado o retorno.

Já os títulos híbridos são os menos ofertados no mercado e são compostos por uma taxa de rentabilidade fixa e outra variável. Geralmente, a parte variável acompanha as variações da inflação, que é medida pelo IPCA.

Assim, você pode obter, por exemplo, um título que paga rendimento prefixado em 5% a.a. + IPCA.

Qual o valor mínimo para investir em CDB?

Não existe um valor mínimo para investir em CDB. É comum encontrar no mercado títulos de bancos cujo valor gire em torno de R$ 1.000,00 até papéis que chegam a casa dos R$ 40.000,00.

Normalmente, quanto maior o valor de entrada para aquisição de títulos, mais interessante é a rentabilidade do investimento. Quanto a isso, é importante destacar que, comparado à poupança, o CDB entrega consideravelmente mais retorno ao investidor.

Além disso, trata-se de um título muito simples de ser adquirido, uma vez que é um “produto” disponível na grande maioria dos bancos, até mesmo naqueles de menor porte.

Quais as vantagens de investir em CDB?

Por ser um investimento de renda fixa, a aquisição de títulos de CDB é extremamente segura e tem atraído cada vez mais pessoas que buscam investimentos com maior rentabilidade que a poupança.

Embora os títulos tenham vencimentos pré-determinados, os CDB podem ser negociados e vendidos a outros investidores diariamente. A possibilidade de liquidez imediata permite que, em qualquer situação inesperada, o investidor possa recuperar o dinheiro investido.

O investimento em CDB ainda conta com proteção de até R$ 250.000,00 por CPF, pelo FGC (Fundo Garantidor de Créditos). Além disso, esses títulos servem como garantia para investimentos na Bolsa de Valores, o que facilita a diversificação da carteira de investimentos e a potencialização de rentabilidade.

Por fim, investir títulos de CDB é muito fácil, basta ter acesso à internet e uma conta na instituição financeira ou no banco onde você deseja adquirir os títulos.

Contudo, é altamente recomendável que você consulte a remuneração e as condições oferecidas em diferentes instituições. Assim, você poderá fazer a melhor escolha de investimento.

Sobre o autor
Autor da Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!

® Mais Retorno. Todos os direitos reservados.

O portal maisretorno.com (o "Portal") é de propriedade da MR Educação & Tecnologia Ltda. (CNPJ/MF nº 28.373.825/0001-70) ("Mais Retorno"). As informações disponibilizadas na ferramenta de fundos da Mais Retorno não configuram um relatório de análise ou qualquer tipo de recomendação e foram obtidas a partir de fontes públicas como a CVM. Rentabilidade passada não representa garantia de resultados futuros e apesar do cuidado na coleta e manuseio das informações, elas não foram conferidas individualmente. As informações são enviadas pelos próprios gestores aos órgãos reguladores e podem haver divergências pontuais e atraso em determinadas atualizações. Alguns cálculos e bases de dados podem não ser perfeitamente aplicáveis a cenários reais, seja por simplificações, arredondamentos ou aproximações, seja por não aplicação de todas as variáveis envolvidas no investimento real como todos os custos, timming e disponibilidade do investimento em diferentes janelas temporais. A Mais Retorno, seus sócios, administradores, representantes legais e funcionários não garantem sua exatidão, atualização, precisão, adequação, integridade ou veracidade, tampouco se responsabilizam pela publicação acidental de dados incorretos.
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos, ilustrações ou qualquer outro conteúdo deste site por qualquer meio sem a prévia autorização de seu autor/criador ou do administrador, conforme LEI Nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.
® Mais Retorno / Todos os direitos reservados